Aboubakar declina renovação

É um problema que a SAD do FC Porto tem em mãos e terá de resolver a contento de todas as partes. Depois de se ter valorizado imenso no Besiktas – onde auferiu um ordenado de 3,3 milhões de euros anuais, mais do que os 1,2 milhões que os dragões lhe pagam -, Sérgio Conceição via com bons olhos a reintegração de Aboubakar no plantel, mas essa não parece ser a intenção do goleador, que terá recusado liminarmente renovar contrato com os dragões nas últimas semanas.
Ligado aos portistas até 2018, Aboubakar ficou sentido pela forma como foi tratado no defeso passado e já disse publicamente que não queria voltar ao Dragão, ele que viu nas últimas horas o seu nome associado ao West Ham.

O avançado tem contrato, mas existe o problema em torno dos seus direitos económicos, pertencentes na sua maioria ao Lorient (60 por cento), que terá direito sempre a seis milhões de euros numa possível venda. O Besiktas só oferece seis milhões de euros, pelo que o FC Porto não iria assim recuperar dinheiro no investimento que fez.

Esta situação cria um enorme impasse, a menos os dois clubes se sentem à mesa até 31 de agosto e cheguem a um entendimento. O FC Porto quer receber metade do que pagarem por Aboubakar…

FONTE: A BOLA