Alex Telles: “Isto não aconteceu só hoje”

Defesa brasileiro reconheceu a influência da arbitragem no empate com o Feirense antes de pedir desculpa aos adeptos

 

Alex Telles estava triste no final do jogo. Pelo empate com o Feirense (0-0) no Dragão e pelo facto de a equipa não ter conseguido corresponder às expectativas dos adeptos, que esperavam, tal como o defesa brasileiro, estar de novo a apenas um ponto da liderança. Alex continua a acreditar, lembrou que faltam quatro jornadas, mas apontou o dedo às arbitragens, que têm prejudicado o FC Porto “sucessivamente”.

Tristeza e luta
“É difícil falar num momento como este. Tínhamos um objetivo claro, que era vencer a partida, tivemos 26 remates, se não me engano, e a meu ver há dois penáltis claros e isso tem acontecido sucessivamente nos jogos do FC Porto. Temos a certeza de que os adeptos estão a sentir o que eu estou a sentir e o que os meus companheiros estão a sentir, mas amanhã é um novo dia e temos que voltar a trabalhar, porque enquanto houver chances temos que lutar.”

A influência da arbitragem
“Isso não aconteceu só hoje, tem sido assim em todos os jogos. Nós trabalhamos, sabemos o quanto é duro lutarmos pelo nosso pão, pelos nossos objetivos, e algumas vezes o que acontece deixa-nos tristes. Sabemos que por vezes o futebol é injusto, corremos, fizemos o nosso trabalho, estamos tristes, mas não podemos deixar-nos abater, porque temos um jogo na próxima semana e temos que dar tudo, porque temos que lutar até ao final.”

Acreditar
“Temos que pedir desculpa aos adeptos. Acreditavam em nós e espero que continuem a acreditar, porque estamos a três pontos e ainda faltam quatro jogos. Tudo pode acontecer e, dependendo de nós, vamos lutar até ao fim.”

Fonte: FC Porto