“André Silva pode ser o herdeiro de Higuaín”, diz empresário italiano

Ponta-de-lança do FC Porto é visto em Itália como um dos prospetos mais aliciantes do futebol mundial.

FC Porto e Juventus têm encontro marcado nos oitavos de final da Liga dos Campeões, mas há muito que os pentacampeões italianos estão atentos aos dragões. Desde a transferência de Alex Sandro para Turim que as relações entre os dois clubes se estreitaram, pelo que é possível que, no futuro, possam acontecer mais negócios com ambas as partes envolvidas.

Esta é a ideia transmitida por Peppino Tirri, um empresário italiano que tem intermediado algumas transferências de jogadores do FC Porto para Itália. Em entrevista ao jornal Tuttosport, afirmou que o FC Porto “tem talentos muito distintos”, mas que “André Silva é a verdadeira joia”.

“Brahimi é o meu favorito, mas o André Silva é a verdadeira joia”, começou por apontar Tirri. “Há também o Rúben Neves, o Óliver Torres, que pertence ao Atlético de Madrid”, acrescentou, alertando os “bianconeri” para as dificuldades que vão encontrar nos duelos com os azuis e brancos:

“A Juventus não pode subestimar o FC Porto. Nuno Espírito Santo tem uma equipa jovem, mas com a qualidade que tem, podem transformar-se na surpresa da Champions”, rematou.

A finalizar, Peppino Tirri voltou a referir André Silva, desta vez em termos mais concretos:

“A cláusula é de 60 milhões de euros, mas tem apenas 21 anos e já marcou cinco golos na Liga dos Campeões. No lugar da Juventus, pensava nele como herdeiro de Higuaín”, concluiu.

Fonte: Ojogo

Imagem: Ivan Del Val/Global Imagens