Areia prevê um clássico “disputado até ao último segundo”

Líder ​FC Porto recebe o Sporting, segundo, na terceira jornada da fase final do Andebol 1 (sábado, 21h00)

 

António Areia lembra os dois jogos com o Sporting na primeira fase do Andebol 1 – que terminaram ambos com uma vitória portista por um golo de diferença (29-28, no Dragão Caixa; 27-26, em Lisboa) – para antecipar mais um clássico “superequilibrado”, decidido nos detalhes e que “provavelmente será disputado até ao último segundo”. Às 21h00 deste sábado (Porto Canal), no Dragão Caixa, estarão frente a frente os dois primeiros classificados separados agora por apenas um ponto – por isso, nesta partida da terceira jornada da fase final estará em jogo a liderança, que os portistas querem conservar com uma vitória que lhes permitirá recuperar a vantagem de três pontos sobre os leões perdida na quarta-feira passada, em Braga, frente ao ABC (28-30).​

O adversário e a vantagem de jogar em casa
“O Sporting tem feito um bom campeonato, tem uma equipa bastante forte, que joga bem, com velocidade, agressividade, mas nós também somos uma equipa muito forte, também temos as nossas armas e jogamos frente aos nossos adeptos e temos essa vantagem. De certeza que o Sporting será diferente daquele que defrontámos anteriormente. Uma mudança de treinador implicou certamente mudanças na equipa, mas temos é que estar preocupados e focados no trabalho e nas mudanças que temos que fazer.”

Até ao último segundo
“Os jogos com o Sporting costumam ser superequilibrados, decidir-se nos pormenores, pelo que não me acredito que este vá ser diferente, vai ser disputado provavelmente até ao último segundo.”

O oitavo jogador
“É um sábado bonito para o clube, temos um jogo de hóquei em patins, depois um de futebol e a seguir um grande jogo de andebol. Seria muito importante que os nossos adeptos depois de assistirem aos outros jogos marcassem presença no Dragão Caixa para assistir a um grande espetáculo de andebol.”

O fim da invencibilidade
“É lógico que a derrota com o ABC não estava nas contas de uma equipa como a nossa, que aspira a ser campeã, mas já tivemos que mudar o chip para estarmos focado no jogo de sábado. Há mais pressão? Pressão há sempre porque é uma fase decisiva do campeonato, porque são equipas que lutam pelo título. Não é pelo facto de a vantagem para o segundo classificado ter sido reduzida que vamos estar ainda mais pressionados, não, vamos ter pressão por serem jogos decisivos e importantes.”

Uma lição para o futuro
“Sabemos que num campeonato com grandes equipas como o Sporting, o ABC ou o Benfica, se calhar é impossível ou muito difícil ganhar um campeonato sem derrotas. Encaramos, portanto, a derrota com o ABC como uma lição, uma aprendizagem, para chegarmos a sábado e darmos a volta por cima.”

Pode encontrar aqui mais informações sobre os preços e os locais de venda dos bilhetes para este encontro.

Fonte: FC Porto