Assembleia não deixou corrigir gralhas e Pinto da Costa abandonou

Tal como o presidente do Sporting, também o do FC Porto abandonou já a sede da Liga, onde decorre a assembleia geral que aprecia, entre outras, as propostas de alterações aos regulamentos apresentadas pelo G15

Pinto da Costa, presidente do FC Porto, deixou, há momentos, a assembleia geral da Liga, a decorrer, esta sexta-feira, no Porto, e mostrou-se solidário com as razões que, poucos minutos antes, haviam levado o Sporting a abandonar os trabalhos. Ambos os clubes quiseram acrescentar o teor das propostas e essa pretensão foi negada. O que estava em causa, explicou o dirigente portista, em tom crítico, era “corrigir gralhas” do documento apresentado a votação pelo G15.

Fonte: FC Porto