“Atlético Madrid não venderá Jota facilmente nem Óliver sairá barato”

No país vizinho, especula-se sobre o futuro de Jota e Óliver, ambos titulares indiscutíveis no FC Porto.

Diogo Jota e Óliver Torressão casos que dão que falar em Portugal e também no país vizinho. Os jogadores cedidos pelo Atlético Madrid ao FC Porto vai dizendo que há dois planos diferentes na cabeça dos ‘colchoneros’ em relação ao espanhol e ao luso.

“Com Óliver, dá a sensação que o seu futuro não está ligado ao Vicente Calderón e a maior prova disso foi por ter assinado um contrato de empréstimo até dezembro de 2017, ou seja, época e meia, ao contrário do habitual, que é uma época. Com Óliver, fez-se uma forte aposta na época passada, ao ponto de se Raúl García ao Athletic para que ele tivesse mais minutos. Simeone começou por o meter a titular, mas foi perdendo protagonismo porque não rendia o que o técnico dele exigia. Dá a sensação de que El Cholo não é seu apreciador e que não terá nenhum problema em prescindir dos seus serviços. Além disso, o Atlético também não se importaria de desfazer-se do jogador se chegar uma boa proposta”, afirmou Victor Molina Pozo, jornalista espanhol, em declarações ao Zerozero.
“A situação de Diogo Jota é diferente. Chegou no verão, competiu por um lugar e não convenceu Simeone na pré-temporada. Acreditou que ainda não estava preparado para render ao nível que se lhe exige o Atlético de Madrid e considerou que a melhor opção era que saísse para uma equipa onde pudesse ter os minutos que não ia ter no Vicente Calderón. Jota é um melão por abrir e está por saber o futuro que terá no futebol espanhol. Espera-se que regresse no final da temporada para tentar a sua sorte”, atirou de seguida.
Em relação aos valores que o FC Porto terá de gastar numa futura aquisição dos seus passes a título definitivo, Pozo volta a encontrar os dois jogadores em posições diferentes.
“Sobre Diogo Jota, não acredito que se decida vendê-lo assim tão facilmente, ainda que não duvide muito que, se chegar uma proposta interessante, o Atlético irá avaliar. Sobre Óliver, te diria que o Atlético não está disposto a vendê-lo barato, porque acreditam que é um jogador com muita qualidade e muito futuro, por isso esperam conseguir encaixar bons milhões com ele. Saiu por empréstimo e não em definitivo porque nenhuma equipa chegava ao que o Atlético pedia por ele”.