“Bês” não desfizeram o nulo frente ao Santa Clara

Equipa controlou jogo no Estádio de Pedroso, mas as ocasiões de golo não abundaram

 

O onze até foi igual ao da vitória de quarta-feira, mas o FC Porto B não conseguiu dar sequência ao resultado obtido em Penafiel (2-0) e empatou, este domingo, na receção ao Santa Clara. O nulo é o espelho de um jogo muito disputado a meio-campo e com poucos lances de perigo nas duas áreas, se bem que o domínio tenha sido azul e branco. Com este resultado, os Dragões continuam na zona de play-off de despromoção, no 18.º lugar, com 33 pontos, os mesmos do Fafe, 17.º.

O jogo disputou-se sobre premissas bem claras: o FC Porto B dominou territorialmente e teve mais posse de bola (56 por cento) e remates (12 conta sete), o Santa Clara defendeu de forma compacta e procurou explorar a velocidade dos homens da frente. Os açorianos também não hesitaram em usar a dureza – aos 34 minutos, Accioly poderia muito bem ter sido expulso por uma pisadela a Galeno que parece intencional –, pelo que a primeira parte, em particular, foi muito musculada, cheia de faltas e praticamente sem oportunidades de golo. O treinador do Santa Clara, Carlos Pinto, foi expulso ao intervalo, bem como o adjunto portista Paulinho Santos.

A segunda parte não foi muito diferente, mas os Dragões forçaram mais o ritmo e conseguiram finalmente criar alguns lances de perigo iminente. Naquele que foi possivelmente o melhor de todos, aos 75 minutos, Kayembe lançou Fede Varela em posição frontal à baliza, mas o remate saiu ao lado. António Folha ainda lançou unidades ofensivas, como Ismael Díaz, Graça e André Pereira, que se estreou com a camisola dos Dragões, mas não houve maneira de furar a defesa do Santa Clara e o nulo. Foi precisamente André Pereira, lançado por Varela, que desperdiçou outro bom lance, rematando ao lado quando só tinha Pedro Soares pela frente. Já nos descontos, o guarda-redes forasteiro ainda deteve um tiro de fora da área de Ismael.

Na entrevista rápida após o apito final, o treinador António Folha salientou as “duas oportunidades claras” que o FC Porto B teve na segunda parte e manifestou confiança no futuro: “Temos trabalhado muito e vamos continuar assim, há muitos jogos e pontos a disputar. Estamos muito conscientes de que vamos atingir os nossos objetivos e continuar a ter boa qualidade de jogo. Se assim acontecer, vamos ganhar muito mais vezes, de certeza”.

FICHA DE JOGO

FC PORTO B-SANTA CLARA, 0-0
Ledman LigaPro, 28.ª jornada
19 de fevereiro de 2017
Estádio de Pedroso, em Vila Nova de Gaia

Árbitro: Iancu Vasilica (Vila Real)
Assistentes: Tiago Mota e Vítor Silva
Quarto árbitro: Bruno Trindade

FC PORTO B: Raúl Gudiño; Fernando Fonseca, Chidozie, Jorge Fernandes e Inácio; Omar Govea, Francisco Ramos (cap.) e Fede Varela; Kayembe, Rui Pedro e Galeno
Substituições: Galeno por Ismael Díaz (61m), Francisco Ramos por Graça (68m) e Rui Pedro por André Pereira (80m)
Não utilizados: Mouhamed Mbaye, Rui Moreira, Rui Pires e Ruben Macedo
Treinador: António Folha

SANTA CLARA: Pedro Soares; Rui Silva, Accioly (cap.), Vítor Alves e Igor Rocha; Diogo Santos, Osama e Dennis Pineda; Berny Burke, Joel Silva e João Reis
Substituições: Joel Silva por Clemente (60m), Berny Burke por Hugo Santos (77m) e Osama por Rúben Saldanha (80m)
Não utilizados: Rodolfo, João Dias, Telmo Castanheira e Guilherme
Treinador: Carlos Pinto

Disciplina
: cartão amarelo a Francisco Ramos (26m), Diogo Santos (40m) e Osama (72m)

Fonte: FC Porto