Já viste este telemovel igual ao Galaxy S8, Octacore, Camara 16Mp da Sony, Touch ID...etc por APENAS 100€? Visita o nosso link e não pagas portes de envio nem taxas alfandegárias!

CLICA AQUI

Brahimi reclama titularidade no clássico

DECISIVO Na época passada, o avançado fez uma assistência na Luz e arrancou uma grande penalidade, no Dragão, frente ao Sporting, assumindo-se como preponderante nos dois clássicos

Com a camisola do FC Porto, o internacional argelino é o jogador do plantel com mais clássicos em Portugal (10). Depois da exibição contra o Estoril, confirma-se como um dos jogadores em melhor forma

Brahimi entrou ainda na primeira parte com o Estoril e foi a figura do encontroBrahimi está lançado para aquele que poderá ser o seu primeiro clássico da temporada contra o Sporting, depois de ter falhado a deslocação a Alvalade e a receção ao Benfica, na primeira volta do campeonato. Ao contribuir para fazer a diferença contra o Estoril, isolando André Silva na cara de Moreira, lance sancionado pelo árbitro com uma grande penalidade, o internacional argelino confirma-se como um dos jogadores do FC Porto em melhor forma do momento e um elemento cuja produtividade lhe permite alimentar expectativas para recuperar a titularidade no clássico. Por esta altura, a influência de Brahimi traduz-se em três golos que o garantem como um dos melhores marcadores da equipa no campeonato, atrás de André Silva (12), Marcano e Diogo Jota (4). Mas voltando aos clássicos de Brahimi no FC Porto, na época passada, o internacional argelino revelou-se decisivo contra o Benfica, na Luz, assistindoAboubak arpara o segundo golo do FC Porto, garantindo a conquistados três pontos com uma vitória por 2-1 frente aos campeões nacionais. Ainda na temporada passada, desta vez no Dragão, contra o Sporting, o internacional argelino arrancou uma grande penalidade – convertida por Herrera –, que permitiu aos dragões levar um empate a um golo para o intervalo, mas que não evitou uma derrota por 1-3. Entre os jogadores do plantel,Brahi mi soma dez clássicos de azule branco, o que o torna no jogador com mais experiência nestes jogos entre grandes, pormenor que Nuno poderá não menosprezar, numa equipa onde a juventude impera.

Fonte: Ojogo