Caso dos emails: PJ faz novas buscas ao Benfica

Caso dos emails: PJ fez novas buscas ao Benfica, garante a Sábado

Revista Sábado revela esta quarta-feira que a Polícia Judiciária realizou novas buscas no Benfica no âmbito do caso dos emails, aproveitando a presença na Luz na denominada Operação Lex.

A revista Sábado revela esta quarta-feira que a Polícia Judiciária realizou novas buscas no Benfica no âmbito do caso dos emails. De acordo com a publicação, a operação terá decorrido no dia em que a Polícia Judiciária esteve no Estádio da Luz para fazer buscas na Operação Lex, no passado dia 30 de janeiro.

“Um segundo grupo de investigadores do crime económico entrou discretamente nas instalações do clube para cumprir um novo mandado de busca e apreensão: mas neste caso relativo ao chamado caso dos emails”, garante a Sábado.

Além de Rui Rangel e de Fátima Galante, a Operação Lex tem pelo menos outros dez arguidos, entre os quais o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, o vice-presidente do clube Fernando Tavares e o ex-presidente da Federação Portuguesa de Futebol João Rodrigues.

Na operação, desencadeada a 30 de janeiro, foram realizadas 33 buscas, das quais 20 domiciliárias, nomeadamente ao Sport Lisboa e Benfica, à casa de Luís Filipe Vieira e dos dois juízes e a três escritórios de advogados.