Conceição respondeu a Jorge Jesus

O treinador portista garantiu que o F. C. Porto está mais do que preparado para o clássico de domingo em Alvalade e que os dragões vão tentar utilizar o ambiente adverso no estádio do Sporting a seu favor.

Conceição brincou, ainda, com a certeza de Jorge Jesus que, após a derrota com o Barcelona, afirmou que os leões iam vencer o duelo. “Pensei que, se calhar, nem valia a pena ir a Lisboa e gastar dinheiro ao clube”.

“Como nos últimos anos, o Sporting tem uma equipa cheia de qualidade individual e coletivamente é forte. Sabe o que faz com e sem bola, tem um treinador experiente e que está a incutir ambição e determinação e vontade de ganhar a este Sporting, algo que se estende a todos os dirigentes”. A primeira análise de Sérgio Conceição ao adversário deste fim de semana não altera minimamente o objetivo dos dragões para a deslocação a Lisboa.

“Em todos os clássicos, é difícil atribuir favoritismo. Quem joga em casa, tem sempre uma pequena percentagem a mais. Algumas equipas podem sentir desconforto em jogar fora, mas nós devemos ter carácter e personalidade para usar o assobio a nosso favor. Isto não é olhar de cima, não é falta de respeito, mas não nos podemos inibir com o ambiente. É um jogo sempre equilibrado, e é difícil encontrar um favorito, mas os meus jogadores vão entrar cheios de vontade para ganhar o jogo. Estamos prontos”, garantiu.

Para o técnico, os jogadores portistas são “os melhores do campeonato, com Sérgio Conceição a não deixar passar em claro a confiança demonstrada por Jesus após a derrota europeia: “Estive a pensar se devia ir a Lisboa ou não, porque o Jesus disse que ia ganhar ao F. C. Porto e disse aos meus jogadores que se calhar não valia a pena gastar dinheiro ao clube para ir a Lisboa. Vamos inverter as coisas a nosso favor”, referiu Conceição, que, um pouco mais à frente na conferência de Imprensa, fez questão de esclarecer estas palavras.

“Não façam manchete com isso, porque o disse em tom de brincadeira. Tenho muita simpatia por Jorge Jesus. Todos o conhecemos e ele não disse isso com má intenção, até porque podia funcionar contra ele. Foi um à parte, conheço-o bem”, explicou.

Sérgio Conceição admitiu que um triunfo dos dragões em Alvalade deixaria a equipa numa posição privilegiada, mas o clássico é tudo menos decisivo: “Uma vitória do F. C. Porto era muito importante. O Sporting ficaria a cinco e o Benfica a cinco ou a mais, dependendo do resultado na Madeira. Era importante, mas não ia resolver nada, porque o campeonato está apenas no início. Manteríamos a liderança, aumentando a vantagem, isso sim”.

O técnico confirmou a ausência, por lesão, de André André, a única baixa do plantel portista e lembrou que os adeptos azuis e brancos têm razões para estar otimistas: “É difícil um treinador meter-se no papel de adepto, até porque eu tenho de manter a frieza. Acho que estão contentes, estão com a equipa – estiveram sempre, até no único resultado negativo – e sentimos uma proximidade muito grande com eles. Vão a Lisboa com essa confiança”.

3 Comments

  1. I’m really enjoying the theme/design of your weblog. Do you ever run into any internet browser compatibility issues? A couple of my blog visitors have complained about my site not operating correctly in Explorer but looks great in Safari. Do you have any recommendations to help fix this issue?|

  2. Undeniably consider that that you said. Your favourite reason seemed to be on the internet the easiest factor to take note of. I say to you, I certainly get annoyed even as people think about issues that they plainly do not recognise about. You controlled to hit the nail upon the highest and also defined out the whole thing without having side effect , other folks can take a signal. Will probably be again to get more. Thank you|