Já viste este telemovel igual ao Galaxy S8, Octacore, Camara 16Mp da Sony, Touch ID...etc por APENAS 100€? Visita o nosso link e não pagas portes de envio nem taxas alfandegárias!

CLICA AQUI

Conceição respondeu a Jorge Jesus

O treinador portista garantiu que o F. C. Porto está mais do que preparado para o clássico de domingo em Alvalade e que os dragões vão tentar utilizar o ambiente adverso no estádio do Sporting a seu favor.

Conceição brincou, ainda, com a certeza de Jorge Jesus que, após a derrota com o Barcelona, afirmou que os leões iam vencer o duelo. “Pensei que, se calhar, nem valia a pena ir a Lisboa e gastar dinheiro ao clube”.

“Como nos últimos anos, o Sporting tem uma equipa cheia de qualidade individual e coletivamente é forte. Sabe o que faz com e sem bola, tem um treinador experiente e que está a incutir ambição e determinação e vontade de ganhar a este Sporting, algo que se estende a todos os dirigentes”. A primeira análise de Sérgio Conceição ao adversário deste fim de semana não altera minimamente o objetivo dos dragões para a deslocação a Lisboa.

“Em todos os clássicos, é difícil atribuir favoritismo. Quem joga em casa, tem sempre uma pequena percentagem a mais. Algumas equipas podem sentir desconforto em jogar fora, mas nós devemos ter carácter e personalidade para usar o assobio a nosso favor. Isto não é olhar de cima, não é falta de respeito, mas não nos podemos inibir com o ambiente. É um jogo sempre equilibrado, e é difícil encontrar um favorito, mas os meus jogadores vão entrar cheios de vontade para ganhar o jogo. Estamos prontos”, garantiu.

Para o técnico, os jogadores portistas são “os melhores do campeonato, com Sérgio Conceição a não deixar passar em claro a confiança demonstrada por Jesus após a derrota europeia: “Estive a pensar se devia ir a Lisboa ou não, porque o Jesus disse que ia ganhar ao F. C. Porto e disse aos meus jogadores que se calhar não valia a pena gastar dinheiro ao clube para ir a Lisboa. Vamos inverter as coisas a nosso favor”, referiu Conceição, que, um pouco mais à frente na conferência de Imprensa, fez questão de esclarecer estas palavras.

“Não façam manchete com isso, porque o disse em tom de brincadeira. Tenho muita simpatia por Jorge Jesus. Todos o conhecemos e ele não disse isso com má intenção, até porque podia funcionar contra ele. Foi um à parte, conheço-o bem”, explicou.

Sérgio Conceição admitiu que um triunfo dos dragões em Alvalade deixaria a equipa numa posição privilegiada, mas o clássico é tudo menos decisivo: “Uma vitória do F. C. Porto era muito importante. O Sporting ficaria a cinco e o Benfica a cinco ou a mais, dependendo do resultado na Madeira. Era importante, mas não ia resolver nada, porque o campeonato está apenas no início. Manteríamos a liderança, aumentando a vantagem, isso sim”.

O técnico confirmou a ausência, por lesão, de André André, a única baixa do plantel portista e lembrou que os adeptos azuis e brancos têm razões para estar otimistas: “É difícil um treinador meter-se no papel de adepto, até porque eu tenho de manter a frieza. Acho que estão contentes, estão com a equipa – estiveram sempre, até no único resultado negativo – e sentimos uma proximidade muito grande com eles. Vão a Lisboa com essa confiança”.

One Comment

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *