Derrota portista em Oliveira de Azeméis

Dragões perderam frente à Oliveirense, por 81-66, na 14.ª jornada da primeira fase do campeonato

 

O FC Porto perdeu este sábado em casa da Oliveirense, por 81-66, na 14.ª jornada da primeira fase da Liga Portuguesa de Basquetebol. Na próxima ronda, a 15.ª, há clássico no Dragão Caixa: FC Porto-Benfica, marcado para dia 13 de janeiro (sábado), às 21h00 (Porto Canal).

António Monteiro afirmou que o jogo em Oliveira de Azeméis seria um dos mais difíceis da época e tinha razão. Após um período inicial com algum domínio azul e branco (25-19), a Oliveirense reagiu nos segundos dez minutos e só não foi para o intervalo em vantagem porque Pedro Bastos marcou um triplo a dois segundos do descanso, recolocando os Dragões no último lançamento da primeira parte (41-39). Por esta altura, Will Sheehey (10 pontos) era o portista mais inspirado.

O terceiro período não correu de feição ao FC Porto, em claro contraste com a Oliveirense, que estabeleceu um parcial de 26-14 e entrou nos derradeiros dez minutos com dez pontos de vantagem (65-55). A segunda parte assumiu-se como um verdadeiro pesadelo para os azuis e brancos, o mesmo não se aplicando à Oliveirense, que fez 20 minutos praticamente perfeitos. Aproveitando o total desacerto portista, a equipa de Oliveira de Azeméis acabou por vencer por 81-66.

“Na segunda parte não jogámos, mas houve muito mérito da Oliveirense. Defendeu com muita intensidade e conseguiu atacar-nos muito bem. Fizemos uma boa primeira parte, mas na segunda não estivemos em campo. Permitimos muitas coisas defensivamente e quase nem conseguimos atacar. A Oliveirense também dominou a batalha psicológica. Estas derrotas não podem acontecer e deixa-me preocupado. A jogar bem ou mal, temos de lutar até ao fim”, afirmou Moncho López, no final da partida, em declarações ao Porto Canal.

FICHA DE JOGO

OLIVEIRENSE-FC PORTO, 81-66
Liga Portuguesa de Basquetebol, 1.ª fase, 14.ª jornada
6 de janeiro de 2018
Pavilhão Dr. Salvador Machado, Oliveira de Azeméis

Árbitros: Sérgio Silva, Rui Ribeiro e Bruno Maciel

OLIVEIRENSE: José Barbosa (6), Travante Williams (12), João Balseiro (18), Eric Coleman (9) e Arnette Hallman (17)
Suplentes: Rui França, João Guerreiro (2), Renato Azevedo, Nélson Costa, Eduardo Guimarães, Luka Nikolic (7) e Raijon Kelly (10)
Treinador: Norberto Alves

FC PORTO: Pedro Bastos (10), Marcus Gilbert, Will Sheehey (15), Will Hanley (10) e Miguel Queiroz (2)
Suplentes: Pedro Pinto (4), Sasa Borovnjak (12), André Bessa, António Monteiro, Miguel Miranda (7) e Ferrán Ventura (6)
Treinador: Moncho López

Ao intervalo: 39-41
Parciais: 19-25, 20-16, 26-14, 16-11