Diogo Dalot: Vigiado por Real e Barça e ainda está na corrida ao Golden Boy

Diogo Dalot: «Ser vigiado por Real e Barça é um orgulho»

Diogo Dalot continua a queimar etapas e ainda está na corrida ao Golden Boy

Apenas com 18 anos, Diogo Dalot é um exemplo de superação constante. Foi campeão europeu de sub-17 no ano passado, jogou o Euro sub-19 logo a seguir, é internacional sub-20, já foi chamado aos trabalhos dos sub-21… E por aí fora. Não é de admirar que ‘tubarões’ do Velho Continente estejam de olho neste promissor lateral-direito do FC Porto. Barcelona e Real Madrid são apenas dois deles.

“Não quero estar a pensar nisso, mas ser vigiado por Real Madrid e Barcelona é um orgulho e dá-me mais motivação”, começa por contar, numa conversa com Record em que também falou da experiência que já teve nos treinos da equipa principal dos dragões. “Fez-me crescer porque é o topo, é onde quero chegar. As vivências e qualidade que têm são transmitidas para nós e essas aprendizagens só têm de ser benéficas”, destaca.

Mas Diogo Dalot não fica por aqui a nível pessoal. É que, como se não bastasse, o lateral está nomeado para o prémio Golden Boy de 2017, tal como Renato Sanches, Rúben Neves, Rui Pedro e José Gomes. E lidera a votação entre os portugueses! “Deixa-me muito orgulhoso. Acima de tudo é o reconhecimento do meu trabalho e isso motiva-me mais para continuar. Ser o melhor português seria muito gratificante”, diz o craque, sempre ambicioso. “Tive um ano marcante, em que consegui muitas coisas bonitas, mas quero mais!”, garante.

Um passo de cada vez

Focado no Mundial da Coreia do Sul, que Portugal prepara no Japão, Dalot promete empenho. “Sabemos que temos qualidade para fazer uma boa prova, mas não será fácil. Enfrentamos três seleções muito fortes. Será uma batalha”, atira.

 

Dalot e o interesse de Real e Barça: «Dá-me mais motivação»

Dalot e o interesse de Real e Barça: «Dá-me mais motivação»

FONTE: RECORD

Autor: Pedro Gonçalo Pinto