Dois JOGADORES DO BENFICA incluídos num sistema ILEGAL de compra de jogadores

Dirigentes do Desportivo de Ribeirão, agentes e jogador acusados de emigração ilegal e falsificação para lucrar com transferências.Ederson e Pizzi representaram este clube.
 Durante oito anos, 38 jogadores estrangeiros em situação ilegal passaram pelas competições nacionais através do Grupo Desportivo de Ribeirão (entretanto falido), do campeonato nacional de seniores, em alguns casos com aliciantes contratos que eram simulados, pois os futebolistas receberiam apenas alojamento, alimentação e dez euros por semana. O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) desmantelou o esquema e o Ministério Público acusou agora oito dirigentes do clube, dois agentes desportivos e um jogador de vários crimes.

Fonte: jornalnoticias