Dragões cedem no Pavilhão da Luz

FC Porto perdeu o terceiro jogo da final dos playoffs da Liga, por 87-57

 

A equipa de basquetebol do FC Porto averbou na tarde desta sexta-feira a terceira derrota na final dos playoffs da Liga Portuguesa de Basquetebol, o que significa que a formação do Benfica conseguiu sagrar-se esta sexta-feira campeã nacional. A jogar em casa, os encarnados aproveitaram o primeiro match-point da eliminatória, vencendo o terceiro jogo por 87-57, fechando com um resultado agregado de 3-0.

No Pavilhão da Luz a equipa da casa começou melhor a partida e desde os primeiros minutos cavou uma vantagem relativamente confortável de gerir muito graças a Carlos Morais, que assegurou 8 dos 14 primeiros pontos da formação da casa. Sem capacidade de resposta, fruto de uma pouco conseguida produção ofensiva, os Dragões viram-se forçados a reagir uma desvantagem de 10 pontos a fechar os primeiros 10 minutos (22-12).

O segundo período trouxe um jogo com menos pontos. De um lado e de outro a percentagem de lançamentos bem-sucedidos baixou, com o parcial a fixar-se em quatro pontos para os Dragões e dois para a equipa da casa nos primeiros cinco minutos. Mas acabou por ser a formação a encarnada a sair melhor dessa fase menos conseguida, valendo-se de novo de Morais para avançar para os 13 pontos de vantagem e chegar com mais 11 ao intervalo. Os 26% de percentagem de lançamento dos portistas, face aos 44 do adversário, iam fazendo a diferença no tempo descanso (34-23).

A entrada para o terceiro período era por isso fundamental para as aspirações portistas em chegar ao período decisivo em boas condições de discutir a partida. E se é verdade que os primeiros minutos mostraram mais acerto defensivo, também verdade é que a bola teimava em não entrar no cesto defendido pelo Benfica, o que com o desenrolar da partida acabou por aumentar a diferença a favor da equipa da casa. À entrada para os derradeiros 10 minutos eram 17 os pontos que a separavam as duas formações, uma diferença demasiado pesada para os Dragões conseguirem anular. O quarto período foi praticamente uma formalidade: a partida terminou com um triunfo encarnado por 87-57.

Na formação azul e branca destacaram-se Sasa Borovnjak, com 17 pontos, Miguel Miranda e Nick Washburn, ambos com 11 pontos.

FICHA DE JOGO

BENFICA-FC PORTO, 87-57​
Liga Portuguesa de Basquetebol, playoffs, final, jogo 3
9 de junho de 2016
Pavilhão da Luz, Lisboa

Árbitros: Fernando Sá Rocha, Sérgio da Silva e Nuno Monteiro

BENFICA: Darek Raivio (4), Carlos Morais (17), João Soares (3), Raven Barber (11) e Damian Hollis (15)
Suplentes: Mário Fernandes, Nuno Oliveira (12), Tomas Barroso (11), Carlos Andrade (6), Sérgio Silva, Ricardo Monteiro e Nicolas dos Santos (8)
Treinador: Carlos Lisboa

FC PORTO: Miguel Queiroz (2), José Silva (3), Brad Tinsley (4), Nick Washburn (11) e Jeff Xavier (6)
Suplentes: André Bessa, João Grosso, Miguel Miranda (11), João Gallina, Ferran Ventura, Pedro Bastos (3) e Sasa Borovnjak (17)
Treinador: Moncho López

Ao intervalo: 34-23
Parciais: 22-12, 12-11, 21-15, 32-19

Fonte: FC Porto