Já viste este telemovel igual ao Galaxy S8, Octacore, Camara 16Mp da Sony, Touch ID...etc por APENAS 100€? Visita o nosso link e não pagas portes de envio nem taxas alfandegárias!

CLICA AQUI

Dragões chegam à dúzia na vitória frente ao Paço de Arcos

FC Porto Fidelidade venceu a formação de Oeiras por 12-1

 

Na tarde deste sábado, no Dragão Caixa, o FC Porto Fidelidade deu continuidade à imaculada performance no Campeonato Nacional, ao chegar à sétima vitória em outras tantas jornadas já disputadas. Desta vez os azuis e brancos golearam, no Dragão Caixa, o Paço de Arcos, por 12-1, mantendo assim a liderança da classificação do escalão máximo do hóquei em patins nacional.

O início de jogo até ao primeiro golo do FC Porto foi a fase mais equilibrada da partida, com a formação da Oeiras a conseguir dividir a posse de bola e os ataques com os Dragões, até que Hélder Nunes, ao nono minuto, inaugurou o marcador para os azuis e brancos.

O ligeiro domínio que já vinha sendo evidenciado ficou patente no resultado no espaço de três minutos (9-11), período em que o FC Porto conseguiu mais dois golos: Gonçalo Alves e Vítor Hugo fizeram deram a vantagem de 3-0 com que os portistas saíram para o intervalo.

No início do segundo tempo viu-se uma ligeira reação dos visitantes, que reduziram no segundo minuto, por Tiago Losna, mas depressa o FC Porto reencontrou o caminho da baliza de Diogo Alves: Jorge Silva fez o 4-1, aos 21, antes de Gonçalo Alves confirmar o hat-trick (37 e 38 minutos).

Com o jogo resolvido, assistiu-se a uma avalanche de golos nos últimos minutos, com Telmo Pinto (7-1), Rafa (8-1), Jorge Silva (9-1) e Ton Baliu (10-1) a colocarem os Dragões com uma dezena de golos, sendo que o terceiro de Jorge Silva (11-1) e o “bis” Rafa (12-1), fixaram o resultado final.

No final da partida, Guillem Cabestany destacou o bom jogo dos Dragões, sobretudo no capitulo da concentração e na entrega que a equipa demonstrou durante os 50 minutos: “Eles têm uma equipa compacta a difícil de bater, mas fruto do trabalho de todos os jogadores conseguimos o nosso objetivo. Temos que ser inteligentes e saber manter esta atitude em todos os jogos, pois só assim, com esta entrega, poderemos crescer. Hoje, frente a uma equipa muito superior ao Merignac demonstrámos que se quisermos, se tirarmos de cada jogador este sacrifício, ainda temos muito para crescer. Não podemos relaxar, porque, vitórias como estas, muitas vezes servem para isso mesmo e todos aqui já sabemos que estas vitórias só se conseguem com muito trabalho e até sacrifícios pessoais”.

FICHA DE JOGO

FC PORTO FIDELIDADE-PAÇO DE ARCOS, 12-1
Campeonato Nacional, 7.ª jornada
19 de novembro de 2016
Dragão Caixa, no PortoÁrbitros: Orlando Panza e Silvia Coelho

FC PORTO FIDELIDADE: Carles Grau, Vítor Hugo, Gonçalo Alves, Reinaldo Garcia e Hélder Nunes (cap.).
Jogaram ainda: Jorge Silva, Ton Baliu, Telmo Pinto, Rafa.

Treinador: Guillem Cabestany

PAÇO DE ARCOS: Diogo Alves, Rui Pereira (cap.), Ricardo Pereira, Nélson Ribeiro e Miguel Dantas.
Jogaram ainda: Tiago Losna, Tiago Gouveia, Diogo SIlva e Fábio Quintino.

Treinador: Paulo Garrido

Ao intervalo: 3-0
Marcadores: Hélder Nunes (9), Gonçalo Alves (10, 37,38), Vítor Hugo (11), Tiago Losna (27), Jorge Silva (31, 46, 49), Telmo Pinto (45m), Rafa (45, 49) e Ton Baliu (49).

Disciplina: Cartão azul a Rui Pereira (47m).

Hóquei em patins: FC Porto-Paço de Arcos, 12-1 (Campeonato Nacional, 7.ª jornada) 19/11/16

FONTE/ FC PORTO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *