Dragões Diário 05/12/2016

Bom dia,

De casa
O plantel do FC Porto já está em ‘modo Champions’ e treina de novo hoje, a partir das 10h30, no Olival, para preparar a receção de quarta-feira (19h45) ao Leicester (pode saber tudo sobre os bilhetes aqui). Ontem, Rui Pedro, o herói do jogo frente ao SC Braga, continuou a trabalhar com o grupo. Já Otávio, em tratamento à lesão na parede abdominal contraída frente aos bracarenses, foi baixa.

A noite de sábado foi inesquecível para Rui Pedro, que é agora o quarto portista mais jovem de sempre a marcar na estreia na Liga portuguesa, depois de Rúben Neves, Gomes e Ângelo. Desbloquear, nos descontos, um jogo tão enguiçado deixa qualquer um nas nuvens e a regra não foi exceção para o jovem de 18 anos, que ontem admitiu na rede social Instagram que ainda não estava em si: “Melhor coisa que me aconteceu na vida, feliz pelo golo mas muito mais pelo resultado. O FC Porto tem que ser uma família dentro e fora do campo! Portista não é só quando se ganha mas sim também quando se perde”.

João Costa e Chidozie também não estiveram na sessão da equipa principal, porque foram titulares, à tarde, no empate do FC Porto B frente ao Benfica B (1-1). Os azuis e brancos, que seguem na 12.ª posição da Ledman LigaPro (21 pontos), adiantaram-se no marcador ainda na primeira parte, por intermédio do capitão Francisco Ramos, mas Délcio Gomes estabeleceu o empate a oito minutos dos 90.

Faltou “marcar o segundo golo”, o que esteve perto de acontecer ainda na primeira parte, para gerir o resultado sem ficar dependente de um “lance furtuito”, como aquele que deu o empate ao Benfica B. A opinião é do treinador José Ferreirinha Tavares, que considerou os portistas mais fortes “no cômputo geral”, tal como o capitão Francisco Ramos.

Os Sub-15 lideram a série Norte da segunda fase do Campeonato Nacional de Juniores C, após vencerem no terreno do Sporting de Braga, por 2-1, na segunda jornada. Os bracarenses adiantaram-se no marcador logo aos 15 segundos, mas a reviravolta consumou-se com golos de Tomás Esteves e Tiago Ribeiro, de grande penalidade, na segunda parte.

Dois pontos de Jeff Xavier, em cima da buzina, permitiram ao FC Porto vencer em casa a Oliveirense (68-66) e subir ao segundo lugar da fase regular da Liga portuguesa, a apenas um ponto do Benfica. Pedro Bastos (15 pontos) e Nick Washburn (11 pontos e 13 ressaltos) cotaram-se como os melhores marcadores da equipa, que volta a entrar em campo no feriado de quinta-feira, às 15h00, novamente no Dragão Caixa, frente ao Illiabum. Veja o resumo e o excelente cesto de Xavier.

No hóquei em patins, o FC Porto Fidelidade perdeu os primeiros pontos da temporada no Campeonato Nacional, ao empatar no rinque do Sporting, também um assumido candidato ao título, por 3-3. Os Dragões estiveram em boas condições para garantir os três pontos, pois venciam por 2-0 ao intervalo e fizeram o 3-2, por Reinaldo García, a pouco mais de dois minutos do fim, dispondo depois de superioridade numérica. Porém, os lisboetas chegaram à igualdade e os Dragões estão agora no terceiro lugar, com menos dois pontos do que Benfica e Oliveirense.

O domingo trouxe boas notícias na natação e no bilhar. Dentro de água, o FC Porto alcançou a primeira posição no medalheiro do Torneio Zonal de Juvenis, que decorreu na Piscina Municipal de Ponte da Barca. Bem longe, na Suíça, o portista Daniel Sánchez mostrou que continua em grande forma e triunfou num dos mais prestigiados torneios internacionais de bilhar às três tabelas, o Lausanne Billard Masters.

Do Mundo
‘Italexit’ à vista? Ainda faltam muitos passos para um cenário de saída da Itália da zona euro, mas o primeiro pode ter sido dado ontem, com a vitória do ‘não’ no referendo constitucional e a consequente demissão do primeiro-ministro Matteo Renzi. Em causa estavam alterações no sistema político do país, mas a votação foi maioritariamente vista como um plebiscito a Renzi (do Partido Democrático, de centro-esquerda) e a uma saída do euro. O polémico Beppe Grillo, do Movimento Cinco Estrelas e grande vencedor da noite, promete um referendo à permanência na moeda única caso vença as próximas eleições gerais, que se deveriam realizar em 2018 mas que podem agora ser antecipadas. Tem muito para ler sobre o tema no ‘Público’ e no ‘Observador’.

O independente e ecologista Alexander Van der Bellen venceu as presidenciais austríacas, derrotando Nobert Hofer, do Partido da Liberdade, de extrema-direita. O Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, já felicitou Van der Bellen, que conseguiu uma inédita vitória, na Europa, de um partido ecologista em presidenciais. Se Hofer tivesse vencido, seria o primeiro chefe de Estado de extrema-direita no continente, após a II Guerra Mundial.

Um Boeing da Qatar Airways, que voava de Washington para Doha, teve ontem que efetuar uma “aterragem de emergência médica” no aeroporto das Lajes, na ilha Terceira, nos Açores. Três passageiros foram assistidos no Hospital de Santo Espírito, mas apenas um foi internado. A situação terá ocorrido devido à passagem por uma zona de forte turbulência e a viagem deve prosseguir hoje, num outro avião. Um jornalista da ‘Al Jazira’ que seguia a bordo relatou, através de vários ‘tweets’, demoras no reencaminhamento dos passageiros para hotéis e na atribuição dos necessários vistos.

Aconteceu
Neste dia, em 1943, em plena II Guerra Mundial, Barrigana estreava-se na baliza do FC Porto em jogos oficiais, com um empate (2-2) em Guimarães. Cumpriu 12 temporadas no clube e é um dos mais lendários guarda-redes da nossa história, apesar de nunca ter sido campeão nacional. Apelidado de ‘Mãos de Ferro’, é o terceiro guardião com mais encontros disputados com a camisola dos Dragões, apenas atrás de Vítor Baía e Helton. Faleceu em 2007, aos 85 anos.

Para ouvir
Os ingleses Foals são outra das bandas já anunciadas para o próximo festival Paredes de Coura, em agosto de 2017. Esta ‘Balloons’ é do disco de estreia, de 2008.

Até amanhã,

João Pedro Barros

FONTE/ FC PORTO