Dragões Diário 08/12/2016

Bom dia,

De casa
Foi com uma “manita” que o FC Porto confirmou a 12.ª presença na fase a eliminar da Liga dos Campeões. O campeão inglês não resistiu a uma noite perfeita dos Dragões, que finalmente aliaram a eficácia ao volume de jogo. André Silva, por duas vezes, Corona, Brahimi e Diogo Jota fizeram os cinco golos da nossa equipa.

E vão seis jogos sem sofrer golos – apenas um nos últimos dez -, mais uma vez sem conceder muitas situações de finalização ao adversário. A equipa está a crescer, ontem voltou a ver-se muito sentido coletivo, muita entreajuda e a química com os adeptos está firme, o que é uma receita que costuma criar equipas que deixam marca. Hoje de manhá há treino, porque no domingo há jogo em Santa Maria da Feira.

O sorteio é na segunda-feira, o FC Porto tem sete adversários possíveis – Arsenal (Inglaterra), Nápoles (Itália), Barcelona (Espanha), Atlético de Madrid (Espanha), Mónaco (França), Dortmund (Alemanha) e Juventus (Itália) – e já sabe que o primeiro jogo, em fevereiro, será em casa. Porque as equipas do mesmo país e que foram do mesmo grupo não se podem  defrontar os adversários mais prováveis são o Borussia Dortmund, o Barcelona e o Atlético Madrid, que só têm cinco oponentes possíveis, entre os quais o FC Porto.

Nuno Espírito Santo não podia deixar de estar muito satisfeito com o desempenho da equipa e fez questão de o partilhar: “Estamos felizes por nós, pelos adeptos e pelo clube“, para depois acrescentar: “Estar entre os 16 melhores da Europa é um grande orgulho para nós”. Numa análise mais técnica, o treinador destacou o crescimento da equipa: “O facto de termos marcado cedo permitiu-nos jogar futebol como queremos. Com confiança, as coisas saem melhor e foi isso que aconteceu. Fizemos um jogo de muita qualidade e a equipa demonstrou grande maturidade. Estamos a melhorar e a crescer”.

Foi com sentimento de dever cumprido que os jogadores falaram no final. André Silva (dois golos e uma assistência) resumiu o sentimento de todos numa frase: “Acredito que este pode ser um momento de viragem. Que estas duas vitórias nos levem para mais vitórias“. Ideia idêntica defendeu Corona (um grande golo) – “A equipa está mais aliviada da pressão e creio que está a crescer. Vamos lutar para chegar o mais longe possível nesta competição” – e Brahimi, o segundo argelino a marcar de calcanhar pelo FC Porto – “Estamos muito, muito felizes e espero que esta vitória e esta qualificação nos deem confiança para os próximos jogos do campeonato“.

Também a equipa de Sub-19 garantiu o apuramento na Youth League, depois de derrotar o Leicester por 2-1, com dois golos de João Cardoso. A vitória garantia pelo menos um lugar no play-off, mas a posterior derrota do Brugge com o Copenhaga deixou os Dragões no primeiro lugar do grupo, o que desde já assegura um lugar nos oitavos de final.

Do Mundo
Donald Trump, presidente eleito dos EUA, foi escolhido pela revista Time como pessoa do ano, sucedendo à chanceler alemã Angela Merkl. A escolha de Trump era quase obrigatória, depois da vitória nas eleições presidências norte-americanas de novembro e tornou-se ainda mais óbvia com as quase diárias declarações polémicas do truculento futuro presidente. Talvez por isso a revista escreve na capa “Donald Trump, presidente dos Estados Divididos da América”.

Os dias no nosso planeta estão a ficar maiores. O crescimento é impercetível e só dentro de 6,7 milhões de anos atingirá um minuto. A razão do aumento da duração dos dias tem a ver com a ligeiríssima desaceleração da Terra, consequência da influência do Sol e da Lua na rotação do nosso planeta. Para saber mais leia aqui.

Aconteceu
Há 17 anos, a 8 de dezembro de 1999, o FC Porto recebia o Hertha de Berlim para a segunda jornada da segunda fase de grupos da extensa Liga dos Campeões, que no formato de então obrigava a realizar 12 jogos para chegar aos quartos de final. O FC Porto venceu por 1-0, com um grande golo de Drulovic, num jogo que ficou também marcado pelo golo mal anulado a Mário Jardel, que estava em jogo dois ou três metros. Recorde os melhores lances do jogo.

Para ver
Hoje à noite, a partir das 21h00, não perca no Porto Canal a reportagem “O som que os estádios nunca podem perder” e que conta a história das músicas de apoio ao FC Porto, normalmente protagonizadas pelos Super Dragões e pelo Colectivo. Veja aqui a promo.

Para ouvir
Angel Olsen assina um dos grandes discos de 2016 agora que o final do ano motiva muitos balanços. Hoje ouvimos esta.

Até amanhã,

Francisco J. Marques

Fonte: FC Porto