Já viste este telemovel igual ao Galaxy S8, Octacore, Camara 16Mp da Sony, Touch ID...etc por APENAS 100€? Visita o nosso link e não pagas portes de envio nem taxas alfandegárias!

CLICA AQUI

Dragões Diário 19/01/2017

Bom dia,

De casa
Nuno Espírito Santo antecipa, ao princípio da tarde, o jogo do próximo sábado entre o FC Porto e o Rio Ave, no Estádio do Dragão, relativo à 18.ª jornada e que assinala o arranque da segunda volta da Liga NOS (16h00, Sport TV). A conferência de imprensa está prevista para as 12h30 e pode, como sempre, acompanhá-la em direto no Porto Canal.

Duas horas antes, o treinador dará início ao treino, no Olival, onde ontem se cumpriu mais um dia de trabalho em que se ficou a saber que Layún e Otávio estão mais próximos da recuperação total e que Maxi se juntou a Rúben Neves no boletim clínico. No final da sessão matinal – que também contou com os “bês” Rui Pedro e Omar Govea e ainda com Diogo Dalot, dos Sub-19 -, Layún, Herrera e Corona receberam a visita de um grupo de 22 jovens mexicanos que estão por cá a participar num Clinic promovido pelo Dragon Force.

Em andebol, o FC Porto é ainda mais líder do Campeonato, tendo aumentado para quatro os pontos de vantagem sobre o segundo classificado. A 19.ª vitória em outras tantas jornadas – a 26.ª desta época que continua imaculada – foi conquistada na noite de ontem, no Dragão Caixa, frente ao Avanca por 30-17. São números expressivos, que não refletem uma primeira parte equilibrada e que terminou empatada, e que foram conseguidos graças a uma boa exibição na segunda parte. Gustavo Rodrigues esteve em destaque pelos oito golos que marcou e António Areia também, por ter regressado à competição após lesão.

“Foi um regresso em grande”, disse o ponta-direita no fim. Porque a equipa ganhou e porque ele voltou a jogar mais cedo do que o inicialmente previsto – “estava farto de estar de fora”, desabafou. Ricardo Costa gostou da forma como a equipa jogou depois do intervalo e admitiu que ela não esteve ao seu melhor nível na primeira parte. No sábado, às 19h15, há deslocação ao terreno do Fafe, uma partida que será transmitida em direto pelo Porto Canal.

Consulte a nossa agenda e prepare-se para o sábado cheio que está a chegar. A tarde começa com a bola a rolar no Estádio do Dragão às 16h00 e prossegue, ali ao lado, no Dragão Caixa, com hóquei em patins, às 18h00. Rafa, desta vez o porta-voz do grupo, diz que conta com o apoio dos adeptos para ajudar a equipa a vencer o Valongo, missão que não tem sido fácil na história recente de confrontos entre dois vizinhos – três empates nas últimas três partidas no Caixa. “É um jogo que precisamos muito de ganhar”, assume o avançado, que reconhece “muito valor” ao adversário da 12.ª jornada do Campeonato.

No bilhar às três tabelas, o FC Porto estendeu para 29 o recorde de vitórias consecutivas no Campeonato, depois de ter ganho no Salão do Leça por 3-1. É a única equipa invicta da zona Norte ao fim de três jornadas e na próxima recebe o BC Porto, último classificado (terça-feira, 21h30).

Do Mundo
Há 930 mil documentos da CIA à solta na Internet. Não, não há motivos para preocupação, a agência de serviços secretos norte-americana decidiu publicar mais de 12 milhões de páginas, que estão agora online e acessíveis ao público em geral. Aqui podemos encontrar documentos de Henry Kissinger, antigo secretário de Estado dos Presidentes Richard Nixon e Gerald Ford, documentos sobre os crimes de guerra cometidos pelo regime nazi, relatórios sobre avistamentos de OVNIS ou estudos sobre poderes sobrenaturais ou vigilância da imprensa.

2016 foi um dos anos mais quentes em Portugal de que há memória e no mundo foi o mais quente desde que é feito este tipo de registos. A temperatura média à superfície da terra e dos oceanos foi 0,94º C acima da média do século XX, o que representa o valor mais elevado desde 1880, ano dos primeiros registos. Os dados de três agências internacionais mostram que desde o início deste século o recorde de temperatura anual foi superado por cinco vezes: em 2005, 2010, 2014 e 2015 e, agora, em 2016.

Aconteceu
Hoje recuamos 59 anos, até àquele domingo 19 de janeiro, dia da jornada 19 do Campeonato de 1957/58. O FC Porto joga no Estádio da Luz e vence por 3-2, com golos de Teixeira, Carlos Duarte e Hernâni, apesar de uma arbitragem infeliz de… Inocêncio Calabote. O juiz de Évora esteve na mira da crítica ao expulsar Teixeira, um dos melhores do plantel dos Dragões, aos 20 minutos de jogo, por uma suposta agressão a um adversário que só ele viu. Ninguém percebeu porquê, nem os insuspeitos “A Bola” e “Record”, nem o próprio Teixeira, nem a Federação que, face ao recurso apresentado pelo FC Porto, despenalizou o avançado do castigo de três partidas de suspensão anteriormente aplicado. Calabote foi o mesmo árbitro que na época seguinte ficou famoso por ter tentado, a todo o custo, que os portistas não fossem campeões nacionais em Torres Vedras. Em vão, como todos sabemos.

Para ouvir
É uma voz inconfundível do Porto e uma das mais consagradas do pop-rock nacional que hoje trazemos aqui para ouvirmos cantar esta canção. É a mais mediática de um dos 12 álbuns de originais de Rui Reininho e dos GNR, que continuam a celebrar os 35 dourados anos de carreira, agora com dois concertos: um no Porto, a 11 de fevereiro, e outro em Lisboa, dois dias antes.

Até amanhã,

João Queiroz
Fonte: Ojogo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *