Dragões Diário 23/11/2016

Bom dia,

De casa
Não foi propriamente um passeio no Parken, onde dispôs de mais e melhores oportunidades de golo, mas o FC Porto regressou de Copenhaga com a qualificação para os oitavos de final da Champions em aberto e, mais importante do que isso, fazendo-a depender apenas de si próprio. Depois do 0-0 de ontem, os Dragões ficam obrigados a vencer o Leicester na última jornada do Grupo G, caso o Copenhaga ganhe em Bruges; qualquer outro resultado dos dinamarqueses garante o apuramento do FC Porto. 7 de dezembro será o dia D. “D” de Dragão.

No final, Nuno Espírito Santo assumiu a intenção de vencer em Copenhaga e fechar a qualificação, reconheceu que o resultado não correspondeu ao que o FC Porto procurou e mereceu, e observou que “o jogo da segunda parte se assemelha muito” ao que quer para a equipa. “Há qualidade e talento, vamos trabalhá-los”, prometeu. Para Iker Casillas e Maxi Pereira, “só faltou o golo”. O lateral e o guarda-redes, que lamenta não poder discutir o primeiro lugar do grupo com o Leicester na última jornada, concordam também a propósito do bom desempenho defensivo.

Horas antes, no Estádio Osterbro, paredes-meias com o Parken, a equipa de Sub-19 complicou as contas do apuramento para os oitavos-de-final da UEFA Youth League, ao permitir a reviravolta. Moreto Cassamá marcou, aos 45 minutos, o golo que chegou a dar vantagem aos Dragões, mas o Copenhaga acabou por vencer por 3-1.

Ontem ficou também a conhecer-se o árbitro nomeado pelo Conselho de Arbitragem da Federação para o Belenenses-FC Porto, jogo da 11.ª jornada da Liga NOS, marcado para as 20h30 de sábado, no Estádio do Restelo. Manuel Oliveira foi o escolhido.

Do Mundo
Um violento sismo com a magnitude de 7,4 na escala de Richter sacudiu a costa nordeste do Japão durante a madrugada de ontem (noite de segunda-feira em Portugal), gerando ondas de cerca de um metro que atingiram a central nuclear de Fukushima sem provocar danos ou vítimas. Veja alguns dos vídeos partilhados na Internet do momento do abalo sísmico.

Aumentou de seis para oito o número de mortos no naufrágio de uma embarcação que transportava uma equipa de futebol recreativo, que em Moçambique regressava a casa depois de um jogo. A polícia moçambicana informou ontem que já deteve o marinheiro que pilotava o barco, após a fuga na sequência do acidente, e que continuam por encontrar quatro náufragos. As autoridades garantiram ainda que a embarcação transportava 23 passageiros, mais oito do que os 15 anunciados nas primeiras informações sobre o acidente trágico, e que a lotação era de apenas quatro lugares.

Aconteceu
Há 61 anos, a 23 de novembro de 1955 e em entrevista ao jornal Sports do Rio de Janeiro, Yustrich assumia: “A minha tática é fé em Deus, nos jogadores do FC Porto e nos homens de boa vontade. Não faço milagres”. Meses depois, o treinador e disciplinador brasileiro, que ficou conhecido por “Homão”, conseguia a primeira dobradinha da história do clube, juntando a conquista da Taça de Portugal à vitória no Campeonato.

Para comprar
O FC Porto vai aderir pela primeira vez à iniciativa mundial Black Friday. Depois de amanhã, na sexta-feira que assinala a abertura da época de compras de Natal, poderá encontrar nas FC Porto Stores uma seleção alargada de produtos com descontos até 50 por cento. Saiba mais aqui, marque na agenda e não se atrase.

Para ver
Hoje há duas transmissões para seguir em direto no Porto Canal. A primeira, desde Pedroso, permite-lhe acompanhar o FC Porto B-Varzim, da 15.ª jornada da Ledman LigaPro, a partir das 14h45. Mais tarde, às 21h00, assista ao jogo da equipa de basquetebol, que defronta os húngaros do Sopron no Dragão Caixa, na sexta e última ronda do Grupo D da Taça da Europa da FIBA. Melhor, só se assistir e apoiar no local.

Para ouvir
Os The Cure tocaram ontem à noite na MEO Arena, em Lisboa, já na reta final de uma digressão mundial iniciada em maio, em Nova Orleães, nos Estados Unidos, onde, pela primeira vez em 30 anos, interpretaram ao vivo o tema “All I Want”, do álbum “Kiss Me, Kiss Me, Kiss Me”. A 3 de dezembro, na Wembley Arena, o grupo inglês liderado pelo carismático Robert Smith encerra uma longa tournée de sete meses. Só na Europa, de Helsínquia a Londres, a tour da banda de West Sussex completará um total de 35 concertos em 31 cidades no espaço de 58 dias. Da vasta discografia dos The Cure escolhemos este hit, porque, mesmo sendo quarta-feira, sabemos que é a sexta que você adora. É quando chega o fim de semana. Quando o coração volta a bater.

Até amanhã,

Alberto Barbosa

FONTE/ FC PORTO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *