Já viste este telemovel igual ao Galaxy S8, Octacore, Camara 16Mp da Sony, Touch ID...etc por APENAS 100€? Visita o nosso link e não pagas portes de envio nem taxas alfandegárias!

CLICA AQUI

Dragões Diário 28/01/2017

Bom dia,

De casa
O FC Porto joga ao final da tarde no Estoril (18h15, Sport TV) mais um jogo decisivo do campeonato nacional. Ganhar para pressionar a liderança é o objetivo da nossa equipa, que procura encurtar distâncias para a frente de forma a ser dona do seu destino. O FC Porto vai beneficiar do apoio de muitos adeptos e os bilhetes destinados a apoiantes da nossa equipa à venda no Dragão estão esgotados mas quem quiser ir ao jogo pode comprar no António Coimbra da Mota, com os preços a começarem nos 12 euros.

A equipa viajou durante a tarde de ontem para o sul, já com Danilo totalmente recuperado dos problemas físicos que o impediram de uma semana de trabalho completa. Sem poder ajudar a equipa continua Rúben Neves, ainda limitado a treino condicionado.

No basquetebol o líder FC Porto desloca-se ao Barreiro, onde amanhã vai defrontar o Galitos. Miguel Miranda foi o porta-voz da equipa, afirmando esperar manter o estado de graça: “A equipa está a passar uma boa fase e queremos continuar e prolongar o mais possível este momento bom”. O jogo é às 17h00 e terá transmissão em direto no Porto Canal.

O FC Porto foi afastado da Taça da Europa da FIBA, em basquetebol, mas Nick Washburn continua a constar em lugar de destaque (5.º) no ranking de ressaltos. O jogador disse-se “orgulhoso” pela média de nove ressaltos, mas quer continuar a melhorar.

Amanhã de manhã é a vez de os Sub-17 jogarem, com a receção ao Rio Ave a ser a oportunidade para corrigir os empates das duas últimas jornadas. Isso mesmo dizem o guarda-redes Carlos Peixoto e o defesa Victor Cardoso, declarações que pode ler aqui.

Hoje há futebol, equipa principal e equipa B, hóquei em patins, andebol e muito mais. Mais de meia centena de eventos com a marca FC Porto é o que nos reserva o fim de semana e para escolher os que mais lhe interessam consulte a nossa agenda.

Do Mundo
Tim Lomas, da Universidade de Londres, atirou-se à tarefa de traduzir as palavras que em cada língua não têm tradução e encontrou três palavras portuguesas. Saudade já toda a gente sabia que é um sentimento muito nosso, que não tem tradução literal para outros idiomas, mas pelos vistos também desbundar e desenrascanço são conceitos só nossos. Para saber mais leia aqui.

É só carregar com força, com muita força, nuns átomos de hidrogénio para se obter um metal novinho em folha. A receita é de dois cientistas da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, e pode significar um novo salto tecnológico se se confirmar que após submeter o hidrogénio a pressão elevada se consegue um novo material metálico que depois conserva essas propriedades à temperatura ambiente, tal como acontece com o diamante, consequência de elevada pressão em átomos de carbono.

Aconteceu
A 28 de janeiro de 1996 o FC Porto viaja até Trás-os-Montes para defrontar o Chaves. O jogo é emocionante, com cinco golos, todos apontados por jogadores do FC Porto, valendo os três pontos da vitória tangencial por 3-2, depois dos autogolos de Aloísio e Secretário. O jogo até começou bem, com Drulovic a abrir o marcador aos 18 minutos. No início da segunda parte uma infelicidade de Aloísio igualou a partida, mas novo golo de Drulovic pôs os Dragões na frente de novo, para logo a seguir Secretário voltar a empatar. Até que aos 74 minutos Domingos voltou a pôr os Dragões na frente. Veja o resumo do jogo, aprecie a qualidade da assistência de Drulovic para o golo de Domingos e repare no fora de jogo assinalado a Lipcsei, que anula um golo ao FC Porto – o médio húngaro tinha mais de meia equipa do Chaves à sua frente.

Para ouvir
E voltamos à Saudade, uma das três palavras portuguesas sem tradução mas que às vezes consegue ser bem entendida até por gente de outras paragens. Se tem dúvidas ouça esta canção precisamente chamada Saudade, dos britânicos Love and Rockets e confirme que está lá tudo o que a saudade tem.

Até amanhã,

Francisco J. Marques
Fonte: Ojogo