DRAGÕES DIÁRIO: Mais um ESTOURO nas MARIONETAS galináceas!

Bom dia,De casa
Nuno Espírito Santo está “plenamente convicto” de que o FC Porto será campeão nacional se conseguir “100 por cento” de vitórias nos jogos que falta disputar na Liga NOS. Serão por isso sete finais e a primeira é já amanhã, às 18h15, no Estádio do Dragão, frente ao Belenenses. Nos dois encontros já disputados esta época entre as duas equipas registaram-se dois nulos, pelo que o treinador alertou para a necessidade de pensar apenas no presente: “Quanto ao calendário, apenas nos diz que o nosso próximo jogo é o mais importante. É nele que nos concentramos e em que depositamos todas as nossas forças. Pensamos só em nós e em fazer o nosso trabalho jogo após jogo”. Nuno confirmou ainda que Boly irá substituir o castigado Marcano no onze.

O defesa central deverá mesmo ser o único indisponível portista de um encontro para o qual os bilhetes continuam à venda. Nuno Espírito Santo orientou ontem um treino com o plantel completo e hoje, às 10h30, realiza-se a última sessão de preparação para a partida. Fábio Veríssimo, da Associação de Futebol de Leiria, é o árbitro designado pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol.

Corona marcou o melhor golo da Liga portuguesa em março, no jogo frente ao Vitória de Setúbal, a 19 de março. O prémio, atribuído por votação ‘online’, será entregue antes do início da partida de amanhã. Apesar do golo não ter valido uma vitória aos Dragões, vale a pena rever o magnífico remate de primeira do mexicano, de pé esquerdo.

Ontem houve jogo de basquetebol, com o FC Porto a vencer a Oliveirense por 84-74, resultado que mantém a nossa equipa na liderança do campeonato, com duas vitórias de vantagem sobre o Benfica, adversário na próxima jornada. O treinador Moncho López gostou do que viu: “Jogámos bem dentro e fora, quer os grandes, a contruírem o espaço, quer os pequenos, que na segunda parte tiveram uma melhor percentagem de lançamento”.

João Brandão, treinador dos Sub-19, deixa uma promessa: “Vamos voltar a estar fortes”. A equipa recebe amanhã (às 16h00, com intervenções em direto no Porto Canal) o Vitória de Guimarães, atual líder do Campeonato Nacional de juniores A, com mais oito pontos do que os detentores do título, que são sétimos, com apenas duas vitórias em seis partidas. Na última jornada, os Dragões perderam por 2-1 no terreno do Sporting, devido a um golo sofrido nos últimos minutos, quando atuavam com menos um jogador. “Ao longo desta fase final temos tido momentos de alguma infelicidade, revolta e alguma injustiça, mas temos de abraçar esse sentimento como sendo algo que faz parte da história deste clube”, promete o treinador.
 
É também amanhã, às 21h00, que o FC Porto recebe o Sporting, no jogo grande da terceira jornada da fase final do Andebol 1 (transmissão em direto no Porto Canal). Depois da derrota em Braga, anteontem, os lisboetas ficaram a apenas um ponto dos azuis e brancos, que lideram, e António Areia espera um clássico “superequilibrado”, tal como os dois disputados na primeira fase, em que os Dragões venceram sempre por um golo. Para além disso, o ponta direita pede o apoio do ‘oitavo jogador’: “É um sábado bonito para o clube, temos um jogo de hóquei em patins, depois um de futebol e a seguir um grande jogo de andebol. Seria muito importante que os nossos adeptos, depois de assistirem aos outros jogos, marcassem presença no Dragão Caixa”.

Ainda sobre a primeira derrota nas competições nacionais da equipa de andebol, com o ABC, importa questionar porque, mais uma vez, as arbitragens passam a interferir no desempenho das equipas quando chegam os jogos decisivos. Este vídeo é esclarecedor. E depois há as pretensas notícias para tentar desestabilizar, como aconteceu esta semana no jornal ‘Record’, quando se disse que o FC Porto estava interessado em Carlos Resende para treinador, o que é falso. Há 20 anos que os plantéis e equipas técnicas são constituídos da mesma forma, no final das épocas, e este ano não vai ser diferente. Quanto ao suposto interesse em Resende, não passa de uma patética tentativa de passar a ideia de que o técnico não tem já o futuro definido.

Falta-nos falar da equipa de hóquei em patins, que joga igualmente no sábado, mas mais cedo: às 15h00, recebe o Candelária, em encontro da 19.ª jornada do Campeonato Nacional, com transmissão em direto no Porto Canal. Na luta taco a taco pelo título (o FC Porto é terceiro, a um ponto do segundo, o Benfica, e a dois da líder Oliveirense) é proibido perder pontos, reforça Jorge Silva. “Sabemos que estas equipas que lutam pela manutenção vão buscar forças onde elas não existem e conseguem pontos onde as pessoas não estão a contar. O nosso trabalho é fazer com que isso não aconteça”, declarou.

Graças a uma parceria entre o FC Porto e a multinacional norte-americana Cisco, o Estádio do Dragão é o primeiro complexo desportivo em Portugal a implementar a solução ‘Cisco Connected Stadium WiFi’ – para já disponível para 7.000 espectadores das bancadas VIP -, capaz de proporcionar aos parceiros e espectadores nestas áreas uma experiência inovadora, única e otimizada. Isto traduz-se na implementação de uma rede ‘WiFi’ de alta densidade, em que os adeptos poderão utilizar os seus ‘smartphones’ ou outros dispositivos móveis para aceder de forma rápida, simples e fiável a aplicações especialmente concebidas para a interação no espaço, bem como à Internet e redes sociais.

Do Mundo
O salário médio bruto de um português é de 13,7 euros por hora, o que representa menos de metade da média da zona euro. É o sexto valor mais baixo dos 19 países do euro, de acordo com os dados do Eurostat, o gabinete oficial de estatísticas da União Europeia, que também revelam que o custo laboral por hora em Portugal subiu 2,5 por cento em 2016, face ao ano anterior.
 
A nomeação do juiz conservador Neil Gorsuch para o Supremo Tribunal americano provocou a queda de uma regra histórica do Senado, que permitia ao partido que está em minoria (no caso, o Democrata) bloquear a nomeação. A partir de agora, basta a aprovação de 51 senadores para que um juiz seja aprovado para o Supremo Tribunal, quando antes a maioria era obrigada a reunir 60 votos. Leia mais aqui, para perceber porque se trata de uma alteração importante no tradicional sistema de pesos e contrapesos do sistema político norte-americano.
 
Aconteceu
Neste dia, em 1993, o FC Porto conseguia a primeira vitória na Liga dos Campeões, ao bater o PSV Eindhoven por 1-0, na Holanda. O defesa central José Carlos marcou o único golo, de penálti, aos 76 minutos, num encontro em que as duas equipas já não tinham possibilidades de qualificação para a final. Esta foi a primeira edição da prova com a denominação atual e a fase de grupos era então disputada por apenas oito clubes, com os vencedores de cada agrupamento a aceder ao encontro decisivo. Depois deste jogo, o FC Porto já conseguiu mais 70 vitórias na competição e um título, em 2003/04.

O filósofo
“As únicas cartilhas bem conhecidas são a cartilha da fruta, do Apito Dourado, do Canelas e agora da Operação Fénix em que arguidos e dirigentes se acusam entre si de serem responsáveis por darem ordens a alegados casos de seguranças ilegais”. Esta fuga para a frente é de Luís Bernardo, diretor de comunicação do Benfica que cai no ridículo de negar a existência da cartilha com esta manobra de diversão à mr. Burns. E quem é Luís Bernardo? É um saltitão que tem um especial jeito para escolher patrões com problemas com a justiça. O atual todos sabem quem é, depois de anos ao serviço de José Sócrates. Deve ser karma.

Edição os selvagens do Porto
Ontem ao fim da tarde o ex-ministro do PSD lá foi com o discurso bem ensaiado dizer na SIC que a cartilha é um sinal de profissionalismo, de capacidade, rebebéu pardais ao ninho. Sabem de onde vieram essas palavras? De uma nova e desta vez curta edição de quatro páginas da cartilha distribuida pouco antes a todos os comentadores benfiquistas – e um portista, não há como negar – e que começa assim: “A existência e partilha de notas informativas entre os comentadores do Benfica representa apenas Organização, Profissionalismo e Competência”. Francamente, de um ex-ministro esperava-se mais “salero” – fica a obediência. Mas o melhor desta nova edição é a caracterização das gentes do FC Porto, uns perigosos delinquentes, que nada têm a ver com “os meninos de coro de Alvalade”. “A Comunicação do Porto é muito mais agressiva e capaz de recorrer aos meios ilícitos para tentar destabilizar, provocar, ofender e descredibilizar o Benfica”. Agradecemos o respeitinho e os elogios chegam a comover, mas não recorremos a meios ilícitos. Basta deixar-vos brilhar, como se diz, a uma só voz, numa singela homenagem ao lema E pluribus unum – vá lá, aproveitem a dica, que afinal até somos uns selvagens simpáticos.

O defenestrado
Para saber o autor desta nova edição da cartilha basta seguir os seguintes passos. Depois de clicar neste link carregue na opção “download” na JANELA do browser, no canto superior direito, o que faz abrir uma JANELA pequenina e aí escolhe a opção “doc”. Depois abra a JANELA de “transferências” e com o documento fechado com o botão do lado direito do rato escolha a opção “propriedades” e abre-se uma nova JANELA. Aí, escolha a opção “detalhes”, o que faz mudar de JANELA. Então aí pode analisar quem interveio no texto, quem fez a última gravação, a data de criação, etc. Se ficou com um sorriso amarelo feche a JANELA. Se não é desses, delicie-se com o vício em cartilhas mal amanhadas do Benfica. Assim ruiu mais uma ficção, mas fica o conselho para a Madraça da Luz, não neguem à partida uma ciência que desconhecem. E pronto, façam lá a caça às bruxas com discrição mas desconfiem uns dos outros. O mais que puderem. Da minha parte podem contar com o máximo sigilo.

Para ouvir
Queens Of Stone Age são uma banda com um nome mais ou menos da mesma altura de algumas estratégias e hoje veio à ideia este Burn the Witch. Eu gosto muito.

Até amanhã,

Francisco J. Marques