Dragões perdem no duelo com o Nanterre

Derrota por 79-75, no Dragão Caixa, na quinta jornada do Grupo D da Taça da Europa da FIBA

 

O FC Porto perdeu esta quarta-feira diante do Nanterre (79-75), no Dragão Caixa, ficando assim matematicamente afastado da próxima fase da Taça da Europa da FIBA. Na sexta e última jornada do Grupo D, os azuis e brancos voltam a jogar no Dragão Caixa, desta feita frente aos húngaros do Sopron. A partida disputa-se no dia 23 de novembro (quarta-feira), às 21h00, e terá transmissão em direto no Porto Canal.

Cientes da necessidade de alcançar a primeira vitória, os Dragões entraram a todo o gás e protagonizaram um excelente primeiro período, aproveitando os primeiros dez minutos para ganhar uma dúzia de pontos de vantagem (23-11). O Nanterre, que acumulou uma dose considerável de erros no ataque, também se pôs a jeito, mas isso não beliscou o mérito portista. Os franceses esboçaram uma reação no segundo período, mas a diferença favorável ao FC Porto manteve-se na casa das dezenas à ida para o intervalo (43-33), com vários atletas azuis e brancos em bom plano.

O reatamento mostrou a melhor face do Nanterre e a vantagem portista, que chegou a ser de 15 pontos, esfumou-se no caminho para o período da decisão, no qual a equipa francesa entrou na frente pela margem mínima (57-56). Os últimos três minutos do encontro foram intensos nos dois lados do campo, mas a frieza dos franceses fez toda a diferença nos momentos decisivos e a vitória acabou mesmo por sorrir aos visitantes (79-75), que tiveram em Brian Conklin (19 pontos e 9 ressaltos) a maior dose de inspiração. Nos Dragões, destacaram-se Jeff Xavier (18 pontos), José Silva (10 pontos) e Miguel Queiroz (10 pontos).

No final da partida, em declarações ao Porto Canal, Moncho López destacou o “esforço extraordinário” dos campeões nacionais. “O marcador reflete a realidade: ganhou a melhor equipa. Mas isso não tira mérito aos meus jogadores, que deram tudo e fizeram um esforço extraordinário. Estou muito orgulhoso pela forma como trabalharam e lutaram. Olhando para trás, fica a sensação de que poderíamos ter ganho os cinco jogos que perdemos, mas acredito que no futuro vamos tirar rendimento de tudo isto. De qualquer forma, é preciso não esquecer que defrontámos equipas com seis e sete estrangeiros, enquanto nós estamos limitados nesse aspeto”, afirmou o treinador portista.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-NANTERRE, 75-79
Taça da Europa da FIBA, Grupo D, 5.ª jornada
16 de novembro de 2016
Dragão Caixa, Porto

Árbitros: Francisco Araña (Espanha), Markos Elias Michaelides (Suíça) e Simon Unsworth (Inglaterra)

FC PORTO: André Bessa (6), Jeff Xavier (18), José Silva (10), Nick Washburn (7) e Sasa Borovnjak (6)
Jogaram ainda: Pedro Bastos (4), Miguel Miranda (7), Miguel Queiroz (10), Ferrán Ventura (5) e João Grosso (2)
Não utilizados: João Gallina e Pedro Oliveira
Treinador: Moncho López

NANTERRE: Chris Warren (13), Spencer Butterfield (7), Jean-Frédéric Morency (10), Mykel Riley (14) e Mathias Lessort (4)
Jogaram ainda: Heiko Schaffartzik, Bathiste Tchouaffe, Hugo Invernizzi, Talib Zanna (6) e Brian Conklin (19)
Treinador: Pascal Donnadieu

Ao intervalo: 43-33
Parciais: 23-11, 20-22, 13-24, 19-22

FONTE/ FC PORTO