Já viste este telemovel igual ao Galaxy S8, Octacore, Camara 16Mp da Sony, Touch ID...etc por APENAS 100€? Visita o nosso link e não pagas portes de envio nem taxas alfandegárias!

CLICA AQUI

Dragões querem “maçãs podres” fora

Diretor de comunicação do FC Porto faz o pedido ao CA e critica “dualidade” de Bruno Esteves

O FC Porto exige que o Conselho de Arbitragem “se debruce e resolva” o problema da arbitragem. Francisco J. Marques, diretor de comunicação dos dragões, apontou ontem o dedo à “dualidade de critérios” de Bruno Esteves em dois lances recentes: a grande penalidade assinalada sobre André Almeida no Benfica-Tondela e a queda de Maxi Pereira na partida com o Marítimo. “No jogo do FC Porto estava 0-0 e ele estava a dez metros e não conseguiu ver. Quando são outras camisolas, consegue ver coisas que ninguém vê. Não sei muito bem o que marcou [no jogo do Benfica], mas se viu aqui porque não viu no outro?”, questionou, pedindo medidas. “Duas ou três maçãs podres podem contaminar o cesto. Para ter credibilidade, é preciso afastar quem não a tem e há três ou quatro que não têm condições para arbitrar. Não são pessoas que tragam idoneidade. É preciso atacar isto de raiz e resolver o problema de vez”, sublinhou a propósito de “árbitros que se sentem à vontade para manifestar o seu benfiquismo”, através das redes sociais. “Eles sabem que não vai acontecer nada. Mas tem de acontecer. O que os outros árbitros acham? O Conselho de Arbitragem tem de atacar o problema, avaliar e resolver”, insistiu.

Fonte: Ojogo