Já viste este telemovel igual ao Galaxy S8, Octacore, Camara 16Mp da Sony, Touch ID...etc por APENAS 100€? Visita o nosso link e não pagas portes de envio nem taxas alfandegárias!

CLICA AQUI

Exibição irrepreensível reserva “quartos” da Taça

FC Porto venceu o ADA Maia por 35-20 nos oitavos de final da Taça de Portugal

 

Muda a competição mas mantém-se o hábito de vencer. A equipa de andebol do FC Porto venceu na noite desta sábado o ADA Maia, por 35-20, em jogo dos oitavos de final da Taça de Portugal, garantindo assim um lugar nos quartos de final da prova. A equipa de Ricardo Costa somou a segunda vitória em dois jogos na competição e manteve o registo cem por cento vitorioso da presente temporada, agora alargado para 28 jogos distribuído por todas as competições.

Uma entrada muito afirmativa de modo a evitar surpresas muito frequentes nos jogos a eliminar valeu à equipa azul uma vantagem inicial que não mais perdeu até ao final da partida, confirmando assim o favoritismo que lhe era atribuído antes do apito inicial. Neste que foi o primeiro jogo da competição no Dragão Caixa, os Dragões conseguiram um parcial inicial de 5-0, conservando a baliza a zeros nos primeiros cinco minutos do jogo. Para isso contribuiu o bom nível do guardião Alfredo Quintana bem como do eixo defensivo central, que, avisado da qualidade da primeira linha adversária que tantos problemas causou no jogo do campeonato, soube anular esse que é um dos pontos mais fortes da equipa maiata.
Sem grandes surpresas, e sem grandes sobressaltos, os portistas foram conservando a vantagem cavada nos primeiros minutos, que se fixou em sete golos de vantagem ao intervalo (17-10).

Apesar da vantagem confortável, o segundo tempo começou de forma idêntica ao primeiro. A diferença mais visível acabou por ser na baliza, com Hugo Laurentino a ocupar o lugar que na primeira parte foi de Quintana (ambos sofreram 10 golos). Isto porque nos momentos iniciais o FC Porto voltou a subir o nível de jogo para um patamar que a equipa de Rui Silva foi incapaz de igualar, conseguindo assim avolumar a vantagem, que ganhou contornos ainda mais significativos: a diferença de 10 golos apareceu pela primeira vez no sexto minuto do segundo tempo, com o jogo a terminar 15 minutos depois com uma vantagem final de 15 golos. 35-20 foi o resultado final com que os azuis e brancos seguraram uma vaga nos quartos de final da prova.

No capítulo individual, destaque para a estatistica de José Mario Carrilo, que foi o melhor marcador do equipa portista, com seis golos, seguido por Nikola Spelic e Gustavo Rodrigues, ambos com cinco.

Os Dragões ficarão a conhecer o adversário dessa fase da prova na próxima segunda-feira, num sorteio que será realizado na sede da federação mesmo que ainda haja um jogo dos oitavos de final por disputar (Chico Andebol-Águas Santas, a 1 de março).

Quanto à competição, regressa no próximo sábado, com a receção ao ABC a marcar o regresso dos jogos do campeonato. O jogo da 21.ª jornada está agendado para as 16h00, no Dragão Caixa e terá transmissão em direto no Porto Canal.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-ADA Maia, 35-20

Taça de Portugal, oitavos de final
28 de janeiro de 2017
Dragão Caixa, Porto

Árbitros: Francisco Leite e Profirio Tavares

FC PORTO: Alfredo Quintana, Hugo Laurentino, Rui Ferreira (2), Victor Iturriza (1), Leandro Semedo (3), Nikola Spelic (2), Gustavo Rodrigues (5), Miguel Martins, Rui SIlva (2), Daymaro Salina (2), Carrillo (6), Ricardo Moreira, Alexis Borges (1), António Areia (3), Miguel Alves (3) e Marko Matic (2)
Treinador: Ricardo Costa

ADA MAIA: Menuel Borges, Reynel Nélson, Hugo Glória (1), António Almeida (1), Yoel Blanco, Tomás Barbosa, Francisco Leitão, Pedro Teixeira (1), Francisco Fontes (3), António Ventura (6), Diogo Coelho, Bruno Borges (1), Tiago Magalhães (1), Edilson Morais (1), Diogo Silva (2) e Pedro Vieira (1)
Treinador: Rui Silva

Ao intervalo: 17-10

 

Fonte: FC Porto