Já viste este telemovel igual ao Galaxy S8, Octacore, Camara 16Mp da Sony, Touch ID...etc por APENAS 100€? Visita o nosso link e não pagas portes de envio nem taxas alfandegárias!

CLICA AQUI

fartura dos 40

A ligação de João Pinto ao FC Porto tem 40 anos e um sem-número de momentos inesquecíveis. Escolhemos 40

Por Fernando Rola/Museu FC Porto

Foi em dezembro de 1976 que João Pinto, ainda Sub-15, fez o primeiro jogo pelo FC Porto, iniciando aí um longo percurso que lhe valeu logo um título nacional na época de estreia no clube. Pela equipa principal, jogou entre 1981 e 1997. Foram 16 anos em que ganhou quase tudo com a camisola dos Dragões. O capitão portista, que dançou a mais bela valsa de sempre em Viena, continua a transportar e a partilhar a mística azul e branca. E 40 anos depois da chegada ao clube, eis 40 momentos que o eternizam na história portista e não só.

1
5 DE DEZEMBRO DE 1976
A primeira vez
João Pinto estreia-se em competições oficiais com a camisola do FC Porto. Foi frente ao Sporting da Cruz, no Campeonato Distrital de Iniciados (Sub-15), fazendo um dos golos na vitória por 4-0.

2
7 DE FEVEREIRO DE 1978
Por Portugal
João Pinto estreia-se na seleção portuguesa de juvenis (Sub-17), contribuindo para a vitória (1-0) sobre Israel, no Torneio Internacional do Algarve. Nesta altura, era futebolisticamente conhecido por Silva Pinto.

3
13 DE NOVEMBRO DE 1978
Internacional júnior
Primeiro jogo pela seleção nacional de juniores (Sub-19). Estreia complicada no Torneio Internacional do Mónaco, num jogo que Portugal perdeu (2-0). Foi suplente utilizado.

4
1 DE DEZEMBRO DE 1981
O primeiro jogo nos seniores
Supertaça, 1.ª mão, Estádio da Luz
Benfica-FC Porto (2-0) – entrou aos 70 minutos.

5
6 DE DEZEMBRO DE 1981
No onze
Campeonato Nacional
FC Porto-Estoril (1-0, Jacques)

6
8 DE FEVEREIRO DE 1982
O primeiro título como sénior
Supertaça, 2.ª mão, Estádio das Antas
FC Porto-Benfica (4-0) – entrou aos 45 minutos

7
15 DE SETEMBRO DE 1982
Primeiro jogo na UEFA
Taça UEFA, Utrecht-FC Porto, em Groningen (0-1).

8
16 DE FEVEREIRO DE 1983
Estreia na seleção A
Jogo particular em Guimarães, frente à França, que a equipa das quinas perdeu (3-0). Foi suplente utilizado.

9
8 DE MAIO DE 1983
Primeiro golo nos seniores
Taça de Portugal, FC Porto-Académica (9-1, marcou o 9.º golo)

10
1 DE MAIO DE 1984
A primeira Taça de Portugal
Na primeira presença numa final no Jamor, João Pinto defronta o Rio Ave (4-1) e conquista a Taça.

11
16 DE MAIO DE 1984
Primeira final europeia
Taça das Taças, jogo com a Juventus, em Basileia. Os italianos ganham (2-1), mas João Pinto e companheiros marcam posição na Europa do futebol, que, não demoraria muito tempo, haveria de os aclamar.

12
12 DE MAIO DE 1985
Primeiro título de campeão
Estádio das Antas, jogo com o Belenenses (5-1).

13
7 DE SETEMBRO DE 1985
Primeiro golo no Campeonato
FC Porto-Penafiel (3-1, marcou o 3.º golo)

14
13 DE ABRIL DE 1986
Segundo título de campeão
João Pinto, que foi suplente em Setúbal (1-0 para o FC Porto), festeja a conquista do bicampeonato.

15
27 DE MAIO DE 1987
Capitão campeão europeu
Taça dos Clubes Campões Europeus. No Estádio do Prater, em Viena, frente ao Bayern Munique, o FC Porto sagra-se campeão europeu e é João Pinto quem recebe o troféu, na qualidade de capitão da equipa (Gomes e Lima Pereira, os outros capitães, estiveram ausentes).

16
13 DE DEZEMBRO DE 1987
Campeão do Mundo
Taça Intercontinental. Em Tóquio, frente ao Peñarol, João Pinto é um dos heróis da neve na vitória sobre os uruguaios, por 2-1. As condições atmosféricas puseram à prova o limite das capacidades físicas dos jogadores.

17
13 DE JANEIRO DE 1988
Confirmação europeia
O Ajax perde nas Antas, como perdera em Amesterdão, o jogo da segunda mão da Supertaça Europeia. Repete-se o 1-0 e João Pinto é um dos protagonistas.

18
15 DE MAIO DE 1988
Mais um campeonato
No Estádio das Antas, depois da vitória frente ao Rio Ave (5-0), João Pinto soma o terceiro título nacional da sua carreira.

19
16 DE JUNHO DE 1988
A Taça, outra vez
João Pinto festeja no Jamor a conquista da sua segunda Taça de Portugal. A vitória frente ao Guimarães (1-0) inicia a festa que se prolongaria nas ruas do Porto.

20
27 DE MARÇO DE 1989
Capitão do Resto do Mundo
A importância de João Pinto no FC Porto teve reconhecimento mundial, bem expresso neste dia em que, pela primeira vez, um português capitaneou a chamada equipa do Resto do Mundo. Foi na festa de despedida de Zico, no jogo Brasil-Resto do Mundo, e João Pinto foi líder entre os melhores dos melhores.

21
19 DE AGOSTO DE 1989
Primeiro capitão
João Pinto já antes fora capitão em muitos jogos, incluindo a grande final de Viena, mas sempre como sub-capitão do plantel. Mas na época de 1989/1990, João Pinto assume o cargo de capitão do plantel, e o jogo com o Nacional, nas Antas, foi o primeiro que disputou com esse estatuto, “estreando-se” com uma vitória (2-0).

22
6 DE MAIO DE 1990
A saga continua
No Estádio das Antas, João Pinto está no onze que vence o Vitória de Setúbal (1-0) e faz a festa de mais um título nacional.

23
2 DE JUNHO DE 1991
Nova Taça após prolongamento
Mais uma Taça de Portugal enriquece o palmarés de João Pinto. De novo no Jamor, desta vez frente ao Beira-Mar, que só quebrou no prolongamento, perdendo por 3-1.

24
25 DE ABRIL DE 1992
O título no Bessa
É no Estádio do Bessa, mas frente ao Salgueiros, que João Pinto inicia os festejos do seu quinto título nacional após a vitória por 1-0.

25
30 DE MAIO DE 1993
Vencer na bancada
Em Aveiro, frente ao Beira-Mar, o FC Porto festeja o título na penúltima jornada de 1992/93. Pela segunda vez, João Pinto não está em campo no jogo do título. Festeja como se estivesse. Já vai na sexta conquista do campeonato.

26
5 DE JANEIRO DE 94
O último golo
Campeonato Nacional, FC Porto-União da Madeira, 4-1 (marcou o 3.º golo)

27
10 DE OUTUBRO DE 1994
A finalíssima
O Dia de Portugal foi também o da quarta Taça de Portugal para João Pinto. Foi à segunda, no Jamor (o primeiro jogo terminou empatado, obrigando à finalíssima), que o Sporting caiu (2-1) aos pés de um FC Porto sempre sedento de vitórias, à semelhança do capitão.

28
20 DE DEZEMBRO DE 1994
Medalha de ouro
A Câmara Municipal do Porto atribui a João Pinto a medalha de ouro de Valor Desportivo por ser, à altura, o atleta com maior número de internacionalizações A.

29
7 DE MAIO DE 1995
O princípio do Penta
Começa a saga do pentacampeonato com João Pinto a capitanear. Em Alvalade, o FC Porto vence (1-0) e inicia os festejos da conquista de mais um campeonato. A conta do capitão vai em sete.

30
9 DE JUNHO DE 1995
Comendador
João Pinto é agraciado com a Comenda da Ordem de Mérito pelo Presidente da República, Mário Soares.

31
14 DE ABRIL DE 1996
Mais um campeonato
A oitava conquista do Campeonato Nacional é festejada por João Pinto na bancada do Estádio das Antas, depois de os companheiros vencerem o Salgueiros (2-0).

32
9 DE NOVEMBRO DE 1996
Adeus à seleção
É com uma vitória que João Pinto se despede da seleção de Portugal e logo no Estádio das Antas. Saiu com o triunfo sobre a Ucrânia (1-0), jogando os 90 minutos do jogo de qualificação para o Mundial de França’98. Fixou em 70 o número de internacionalizações na equipa principal. No total, incluindo escalões jovens, disputou 104 jogos por Portugal.

33
17 DE MAIO DE 1997
Um pezinho no tri
A conquista do nono campeonato pessoal de João Pinto coincide com o primeiro tricampeonato conseguido pelo FC Porto. Fica no palmarés do capitão como o último de uma carreira com quase todos os títulos.

34
15 DE JUNHO DE 1997
A última vez
Disputa o último jogo oficial pelo FC Porto, precisamente no Estádio das Antas. Foi na última jornada do Campeonato Nacional, quando o FC Porto já era campeão, e acabou com triunfo portista (3-0) sobre o Gil Vicente. O capitão João Pinto terminava como começou, a vencer.

35
30 DE JULHO DE 1997
Passagem de testemunho
Na apresentação do plantel aos sócios para a temporada 1997/98, João Pinto despede-se dos adeptos no Estádio das Antas. Numa cerimónia emotiva, entrega a braçadeira e a camisola n.º 2 a Jorge Costa, o seu sucessor na liderança do plantel.

36
1 DE AGOSTO DE 1997
Olá, Mister!
Inicia a carreira de treinador, assumindo o comando da equipa de juniores A do FC Porto.

37
25 DE AGOSTO DE 2006
Adjunto de Jesualdo
Primeiro jogo oficial de João Pinto como treinador-adjunto de Jesualdo Ferreira. O ex-capitão regressava assim ao plantel principal, onde se manteria até 2008/09.

38
28 DE SETEMBRO DE 2013
Lateral de eleição
O Museu FC Porto é inaugurado e da exposição permanente fazem parte não só a Comenda da Ordem de Mérito de João Pinto como uma estátua que prova que o capitão é, de acordo com a eleição dos adeptos, o melhor defesa-direito da história do clube, dando-lhe um lugar no Melhor Onze de sempre.

39
24 DE MAIO DE 2014
Lágrimas no Dragão Caixa
João Pinto assiste nas bancadas do Dragão Caixa ao FC Porto-Benfica que valeria a conquista de um inédito hexacampeonato de andebol de sete. No final, não foi capaz de conter as lágrimas, cena captada pelas imagens televisivas que mostram a ligação indestrutível entre João Pinto e o clube.

40
14 DE NOVEMBRO DE 2016
Outra vez na estrutura
João Pinto regressa à estrutura do plantel sénior do FC Porto, assumindo o lugar de adjunto de Luís Gonçalves, diretor-geral para o futebol.

Texto publicado na edição de dezembro de 2016 da Dragões, a revista oficial do FC Porto.

Fonte: FC Porto