Já viste este telemovel igual ao Galaxy S8, Octacore, Camara 16Mp da Sony, Touch ID...etc por APENAS 100€? Visita o nosso link e não pagas portes de envio nem taxas alfandegárias!

CLICA AQUI

FC Porto bate Boa Hora e mete a terceira no campeonato

A jogar em casa, a equipa azul e branca superiorizou-se.

Dragões somam terceira vitória consecutiva no Andebol 1

Boa Hora (36-23) não resistiu ao coletivo portista na sexta jornada do campeonato

O FC Porto bateu esta quarta-feira o Boa Hora (36-23), na sexta jornada do Campeonato Nacional do Andebol 1, somando assim a terceira vitória consecutiva na prova. Segue-se uma pausa no campeonato e os Dragões voltam a entrar em campo no dia 18 de outubro (quarta-feira, 21h00), no Pavilhão Municipal da Maia, frente ao ADA Maia, em partida da sétima jornada.

Nikola Spelic tinha assumido o favoritismo portista para este jogo e os Dragões fizeram jus ao estatuto desde o início, protagonizando uma entrada forte e dominadora, pese embora a boa réplica dos lisboetas: ao intervalo, a diferença entre FC Porto e Boa Hora era de três golos (17-14). Com um parcial de 7-0 no arranque da etapa complementar, os azuis e brancos dissiparam qualquer dúvida que pudesse restar quanto ao vencedor da partida: 36-23 foram os números finais, com Diogo Branquinho (7 golos) em particular destaque no coletivo portista.

“O mais difícil era ter os jogadores preparados para este jogo depois do desgaste frente ao Sporting. Entrámos bem, mas depois relaxámos. Não gostei muito da primeira parte. Falámos durante o intervalo e melhorámos na segunda parte. Estou feliz por termos vencido, pois isso era o mais importante. Estamos a caminhar na direção certa e todos trabalham duro. Acredito que vamos continuar a melhorar”, afirmou o treinador Lars Walther no final do encontro, em declarações ao Porto Canal.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-BOA HORA, 36-23

Andebol 1, 6.ª jornada
4 de outubro de 2017
Dragão Caixa, Porto

Árbitros: Vânia Sá e Marta Sá

FC PORTO: Alfredo Quintana e Hugo Laurentino (g.r.); Felipe Santaela, Nikola Spelic (4), Yoel Morales (5), Miguel Martins (1), Miguel Alves (4), Ángel Hernández (1), Rui Silva (1), Daymaro Salina (5), José Carrillo (3), Diogo Branquinho (7), António Areia (3), Aleksander Spende (2) e Jonas Alves
Treinador: Lars Walther

BOA HORA: Henrique Carlota e Vasco Ribeiro (g.r.); Sandro Domingues, Filipe Fernandes, Rui Barreto (2), Pedro Sequeira (6), Gabriel Cavalcanti, Nuno Pinto (3), Luís Nunes (4), João Carvalho, Uros Markovic (1), Pedro Pinto (4), André Lima, Dmytro Bruy, David Pinto (3) e João Martins
Treinador: Luís Santana

Ao intervalo: 17-14

Fonte: FC Porto

2 Comments

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *