FC Porto recusa novo empréstimo de Aboubakar e pede milhões

Besiktas tem até quarta para acionar cláusula que lhe permite comprar o avançado

Restam menos de 72 horas para expirar a opção de compra acordada entre o Besiktas e o FC Porto para a transferência em definitivo de Aboubakar e os números que constam dessa cláusula são cristalinos: dez milhões de euros. O valor é considerado elevado pelos turcos, mas é aquele que o Besiktas terá de pagar à SAD azul e branca se o quiser ter. Ao que O JOGO apurou, novo empréstimo, como foi sugerido ontem pela Imprensa turca, não está nos planos dos dragões, até porque o contrato do camaronês termina em 2018. Além disso, Pinto da Costa pretende realizar um encaixe significativo com os jogadores que o clube tem espalhados por várias equipas, de forma a amenizar as perdas no plantel que vai colocar à disposição do novo treinador.

O desejo de Aboubakar passa por continuar no Besiktas, que no último defeso pagou qualquer coisa como 2,5 milhões de euros para o ter por empréstimo. O avançado voltou a sentir-se útil, foi campeão ontem, e até o treinador da equipa na qual atua Quaresma já pediu ao clube para tentar a sua continuidade. “Quero que ele fique. Temos de ficar com um jogador que procura evoluir sempre”, referiu, ontem, Senol Gunes.