Galeno não chegou para tanto “galo”

Brasileiro colocou o FC Porto B em vantagem no clássico do Seixal, mas Heriberto deu a volta ao resultado (2-1)

 

Com tantos azares, um golo de Galeno teria que ser forçosamente insuficiente para vencer o Benfica B no Seixal, em encontro da 38.ª jornada da Ledman LigaPro, disputado na tarde deste domingo. O brasileiro colocou os Dragões em vantagem, falhou o 2-0 por pouco, proporcionou alguns dos melhores lances em parceria com Kayembe e assistiu à reviravolta dos lisboetas numa sequência de lances infelizes.

O FC Porto B não teve uma entrada perfeita no jogo, mas também não andou muito longe de um arranque exemplar. Depois da ameaça negada a Banjaqui, logo ao segundo minuto, num lance que terminou nas mãos de Gudiño, Galeno colocou os Dragões em vantagem no Seixal cinco minutos depois, na sequência de um grande trabalho de Kayembe na direita. Ao passe atrasado do extremo belga, o brasileiro respondeu com o seu nono golo na Segunda Liga. Este, apontado de pé direito.

O clássico, na sua versão bê, manteve o equilíbrio, mas foram os azuis e brancos que contribuíram com os melhores momentos e as melhores oportunidades de golo, como o cabeceamento de Galeno, aos 42 minutos e novamente a cruzamento de Kayembe, que saiu um pouco por cima. O Benfica B chegaria ao empate na sequência de uma entrada mais forte no segundo tempo e na cobrança de um livre direto por Heriberto, aos 55 minutos.

Os Dragões não desistiram, voltaram a gerar os melhores instantes do jogo e André Pereira, que entrou a substituir Tony Djim, dispôs de duas oportunidades para recolocar os azuis e brancos em vantagem no espaço de apenas um minuto: aos 72 minutos, de calcanhar, viu um defesa adversário negar-lhe o 2-1 sobre a linha de golo, e aos 73 proporcionou uma grande defesa a André Ferreira, depois de um remate de pé esquerdo.

Acabaria por ser o Benfica B a marcar, novamente por Heriberto, mas agora de penálti, aos 84 minutos, a castigar mão de Rui Moreira na área portista. Os Dragões tentaram reagir, mas a tentativa de chegar ao empate tornou-se ainda mais difícil com a expulsão de Chidozie, que viu o cartão amarelo por duas vezes no espaço de dez minutos (79m e 89m). No calendário da equipa de António Folha segue-se novo clássico, desta vez com o Sporting B, agendado para as 15h00 do próximo domingo, no Estádio de Pedroso.

FICHA DE JOGO

BENFICA B-FC PORTO B, 2-1
Ledman LigaPro, 38.ª jornada
23 de abril de 2017
Caixa Futebol Campus, Seixal

Árbitro: Luís Ferreira
Assistentes: Nuno Eiras e Luís Cabral
Quarto árbitro: André Pereira

BENFICA B: André Ferreira (g.r.), Símon Ramírez, Hélder Baldé, Rodrigo Escoval, Pedro Amaral, Romário, Pipo (cap.), Dálcio, Heriberto, Luquinhas e Banjaqui
Substituições: Romário por Tiago Dias (42m), Pedro Amaral por Cuga (52) e Benjaqui por Rocha (85m)
Não utilizados: Zlobin
Treinador: Hélder Cristóvão

FC PORTO B: Gudíño (g.r.), Musa Yahaya, Chidozie, Jorge Fernandes, Omar Gover, Francisco Ramos (cap.), Rui Moreira, Kayembe, Galeno e Tony Djim
Substituições: Tony Djim por André Pereira (62m), Galeno por Verdasca (74m) e Inácio por Areias (84m)
Não utilizados: Mouhamed Mbaye, Graça, Fernando e Bruno Costa
Treinador: António Folha

Ao intervalo: 0-1
Marcadores: Galeno (7m), Heriberto (55m e 84m)

Disciplina
: cartão amarelo a Omar Govea (54m), Chidozie (78m e 89m), Rui Moreira (82m), Heriberto (84m) e Jorge Fernandes (90+1). Cartão vermelho a Chidozie (89m).

Fonte: FC Porto