Gustavo Veloso foi o melhor portista no prólogo de Lisboa

Ciclista da W52-FC Porto-Mestre da Cor terminou no 12.º posto, a 13,25 segundos do vencedor

 

O primeiro dia da edição de 2017 da Volta a Portugal em bicicleta terminou esta sexta-feira com Gustavo Veloso a fixar a melhor marca entre os oito corredores da W52-FC Porto-Mestre da Cor que cumpriram os primeiros 5,4 quilómetros da corrida.

No prólogo que decorreu na cidade de Lisboa, entre as zonas de Belém e Alcântara, o vice-campeão e camisola verde da Volta de 2016 concluiu o percurso em 6m38,16s, gastando mais 13,25 segundos do que o vencedor, o francês Damien Gaudin (Armee de Terre), que cumpriu a distância em 6m24,90s. O dorsal 171 é assim o primeiro camisola amarela da 79.ª edição da maior prova velocipédica nacional. O pódio ficou completo com Domingos Gonçalves (RP Boavista), que gastou mais 1,41 segundos, e Alejandro Marque (Sporting-Tavira), a 3,86 segundos.

Pouco tempo após a conclusão do prólogo, o chefe de fila portista admitiu que este foi um dia díficil, no qual se podem perder segundos importantes, mas voltou a apontar ao objetivo da vitória final: “Hoje tivemos o primeiro contacto com prova. Foi um prólogo curto, muito explosivo e uma uma luta individual na qual se podem cavar diferenças preciosas. A partir de agora começa a luta mais tática e o importante é agarrar a amarela no último dia”, disse.

Quanto aos restantes portistas em prova, Raúl Alarcón foi 16.º (a 17,82s), Ricardo Mestre 19.º (a 18,59s), Samuel Caldeira 27.º (a 21,39s), Joaquim Silva 32.º (a 23,85s), Amaro Antunes 34.º (a 24,16s), António Carvalho 37.º (a 24,78s) e Rui Vinhas 77.º (a 36,85s).

No sábado corre-se a primeira etapa em linha da prova, que terá uma extensão de 203 quilómetros e ligará as localidades de Vila Franca de Xira a Setúbal.

Fonte: FC Porto