“Inaceitável “, diz o FC Porto através da newsletter

“Inaceitável, parece gozo”, diz o FC Porto

Dragões indignados com a arbitragem no encontro deste domingo com o Feirense, na 30ª jornada da I Liga

O FC Porto já reagiu ao empate com o Feirense, ontem, no Estádio do Dragão, apontando o dedo à equipa de arbitragem liderada por Rui Costa.

Através da newsletter “Dragões Diário”, o clube azul e branco aponta os “infindáveis” erros do juiz da partida como “inaceitáveis”.

“A nossa equipa voltou a criar uma mão cheia de oportunidades, a que se juntam os inaceitáveis penáltis por marcar a favor do FC Porto. Não há outra forma de o dizer: parece gozo. Jogo após jogo, lance após lance, o FC Porto continua a ser vítima de um número infindável de grandes penalidades por assinalar. Ontem foram mais duas”, começa por dizer.

“A verdade desportiva desta Liga Salazar está inquinada, tantos os pontos subtraídos à nossa equipa. E o que verdadeiramente ofende – sim, ofende – é ver, como ontem, 42 faltas assinaladas, mas quando acontecem dentro da área o apito fica calado”. acrescenta o FC Porto, num texto assinado por Francisco J. Marques, diretor de comunicação e informação.

“A grande penalidade sobre Otávio é tão visível, tão visível, o árbitro Rui Costa estava bem colocado, com visão ampla para o lance, que é muito difícil compreender porque razão não apitou”, remata.

Por fim, o FC Porto sublinha ainda que a “sucessão de erros” cria “ansiedade na equipa” e faz com que o rendimento dos jogadores “diminua”. “O árbitro Rui Costa já na época passada veio duas vezes ao Dragão tirar pontos ao FC Porto, com o Rio Ave e com o Arouca. No curto espaço de um mês ficou com cinco pontos que deviam ser nossos e agora regressa para fazer esta exibição, danosa para o futebol e, essencialmente, para a verdade”, conclui.

Fonte: Ojogo