Já viste este telemovel igual ao Galaxy S8, Octacore, Camara 16Mp da Sony, Touch ID...etc por APENAS 100€? Visita o nosso link e não pagas portes de envio nem taxas alfandegárias!

CLICA AQUI

Inquérito: O que deve o clube fazer em relação às arbitragens?

Quem é o polvo a que o FC Porto se refere? O que deve o clube fazer em relação às arbitragens?

 

“Declarações de Vieira bem atuais”

“As declarações de Luís Filipe Vieira há uns anos, assegurando que era mais importante ganhar lugares em certos organismos, nunca estiveram tão atuais. Sabemos onde está o poder na arbitragem, percebe-se que grande parte destes árbitros têm uma enorme reserva mental em relação ao FC Porto e que estão condicionados pelo contexto. O FC Porto tem de tomar uma atitude mais drástica. São erros sucessivos, que estão a levar ao desespero e a não acreditar na hipótese que isto não seja sujinho, sujinho, sujinho.”

Miguel Guedes

“Benfica tem de ganhar o tetra”

“Se cheira como um polvo e se atua como um polvo, o mais certo é que o seja. Há aqui algo de muito estranho. Têm sido demasiados erros inusitados contra o FC Porto. Esta época está condicionada por um fator importante: o Benfica tem de ganhar o tetra. É quase uma espécie de objetivo nacional. E isso está a mexer com a cabeça dos árbitros. É fundamental continuar a denunciar os erros e pedir explicações. Os erros humanos são sempre contra o FC Porto? Pedro Proença devia vir dar uma explicação.”

Pedro Marques Lopes

“Como dizia Pedroto jogar contra 15”

“Sou mais de carne do que de moluscos, mas anda aí um tentáculo qualquer a enganar-se nos nossos jogos. Já nos custou a Taça de Portugal e agora a da Liga. Mas não podemos fazer como os polvos quando são atacados e usar a tinta para mascarar o que também é culpa nossa. Temos sido roubados? Temos. Não temos tido capacidade para ganhar aos Moreirenses desta vida? Não. Temos de criticar, berrar e seguir a velha máxima do Pedroto: temos de jogar mais do que eles todos juntos. Temos de jogar contra 15.”

Manuel Serrão

Fonte: Ojogo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *