Isto é uma vergonha “a ler”

Então o FC Porto, quem tem sido alvo constantemente de anti-jogo, inclusive contra o 5LB e nunca saiu carta nenhuma. O clube do regime queixa-se de anti-jogo após uma derrota e sai logo uma cartinha para acalmar as hostes…

Isto é absolutamente vergonhoso! Este país (desportivo) é uma MENTIRA.

O CA da FPF quer que treinadores e jogadores contribuam para o aumento do tempo útil de jogo

O Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) quer combater o antijogo, que entende ser uma “atitude que viola o espírito do jogo e de respeito pelo espectador”. O órgão presidido por José Fontelas Gomes enviou, esta semana, uma carta aos clubes profissionais na tentativa de sensibilizar treinadores e jogadores.

Esta temporada temos detetado com preocupação o aumento do número de paragens e a crescente duração das mesmas. Vem deste modo o CA/FPF alertar para este problema, comunicar as instruções dadas aos árbitros, mas mais do que isso, solicitar que todos os atores se empenhem em transformar positivamente o espetáculo”, pode ler-se no documento.

As referidas recomendações aos árbitros, comunicadas na semana passada, apelam à “sensatez e coragem” na atribuição dos tempos de compensação, mesmo que tal implique “durações anormais”. “Foi recordado aos árbitros que sempre que se deparem com uma situação de reiterada conduta para gastar tempo devem ser interventivos, avisando publicamente e agindo disciplinarmente se necessário”, explicou o CA. Curiosamente, na última jornada, os jogos de Benfica e FC Porto tiveram, respetivamente, seis e sete minutos de descontos…

Fonte: OJOGO
Fotografia: Natacha Cardoso