Manhã agitada e vários destinos

Horas depois de vencerem o Chaves, vários jogadores seguiram viagem. Técnico foi passear com a esposa e dois dos filhos

José Sá, Danilo, Boly, André Silva, Felipe, Herrera, Corona e Depoitre mal descansaram depois do triunfo sobre o Chaves. Pausa até dia 27 para recarregar baterias

Nuno Espírito Santo tem motivos para sorrir nesta paragem de invernoO plantel do FC Porto entrou de férias após o suado triunfo sobre o Chaves (2-1). O regresso ao trabalho está marcado para dia 27 deste mês (terça-feira), para preparar o jogo da Taça da Liga com o Feirense. É apenas uma semana de descanso e, por isso, poucas horas depois do final da partida com os transmontanos já muitos jogadores estavam no Aeroporto Francisco Sá Carneiro para seguirem viagem. E não foram apenas os estrangeiros. Aliás, José Sá foi o primeiro a aparecer ainda não eram seis da manhã, cruzando-se com Rúben Ferreira, do V. Guimarães, que foi à Madeira, de onde é natural. Mas a maiorsurpresafoimesmoNuno Espírito Santo. O treinador portista também dormiu pouco para aproveitar ao máximo esta paragem. Chegou às oito horas, acompanhado da esposa e dos dois filhos mais novos, e dirigiu-se ao balcão da TAP para fazer o check-in na “ponte aérea” para Lisboa. O destino final, porém, não foi conhecido, mas seguramente será aproveitado para algumas compras de ocasião. Bem-disposto, Nuno saudou os jornalistas, declinou amavelmente prestar declarações, aproveitando apenas para desejar um bom Natal a todos.

Nessa altura, também Danilo Pereira, o autor do segundo golo no triunfo com o Chaves, e Boly, suplente não utilizado, já tinham passado pela zona das partidas. Herrera e Corona optaram por entrar por uma zonalaterale,dessaforma,evitaram o contacto com a comunicação social. O extremo seguiu para Itália com a família, enquanto o médio foi a casa, ao México, com dois amigos.

Felipe foi o único a viajar para o Brasil, via Lisboa. O defesa-central surgiu com a esposa e, simpaticamente, pediu desculpa por não querer falar. Depoitre foi o último a ser visto numa manhã bem agitada na zona de embarque do aeroporto da Invicta. O belga, satisfeito pelo primeiro golo no campeonato português, aceitou falar aos jornalistas.

Fonte: Ojogo