Manter a tendência no caminho para o Jamor

O FC Porto recebe esta noite o Vitória de Guimarães (20h15), no Estádio do Dragão, nos “oitavos” da Taça de Portugal

 

O histórico de duelos entre o FC Porto e o Vitória de Guimarães prossegue paulatinamente rumo às duas centenas, mas no que diz respeito à Taça de Portugal, a conversa é outra. Na segunda prova mais importante a nível nacional, Dragões e vimaranenses defrontaram-se em 15 ocasiões e os portistas levam clara vantagem neste particular: 11 vitórias, um empate e três derrotas.

Tudo começou na longínqua época 1938/39, numa eliminatória a duas mãos na qual os vimaranenses entraram melhor, triunfando por 3-2 em Guimarães. A segunda mão nada teve a ver com a primeira e terminou com um triunfo mais do que expressivo do FC Porto, por 11-1, com golos de António Santos (4), Pinga (2), Carlos Nunes (2), Lopes Carneiro, Costuras e Reboredo.

Curiosamente, a última vez que o FC Porto recebeu o Vitória de Guimarães na Taça de Portugal foi em 1987, ano em que se sagrou campeão europeu pela primeira vez. Na altura, nos quartos de final da Taça de Portugal, os Dragões bateram os vimaranenses por 5-0, com remates certeiros de Madjer (2), Lima Pereira, Futre e Fernando Gomes. Seria também o mote para a vitória em Kiev (2-1), frente ao Dínamo, na segunda mão das meias-finais da então Taça dos Campões Europeus.

O duelo mais recente na Taça de Portugal remonta a 2013/14, quando os portistas venceram em Guimarães, por 2-0, com golos de Fernando Reges e Jackson Martínez. Ora, no capítulo dos golos, também há supremacia azul e branca: 48 marcados e 20 sofridos. Os números são claros e demonstram uma tendência, mas raramente dizem algo a Sérgio Conceição, para quem “a Taça de Portugal tem qualquer coisa de especial”. A última Taça de Portugal conquistada pelo FC Porto foi precisamente frente ao Vitória de Guimarães, com um triunfo por 6-2 no Jamor, em 2010/11.

O encontro (com transmissão direta na Sport TV 1) será antecipado no Porto Canal, a partir das 19h00, seguido em tempo real na app oficial do FC Porto e no Twitter e acompanhado no Facebook e no Instagram. Após o apito final, faz-se a análise da partida no Porto Canal e em www.fcporto.pt, com a crónica e as declarações do treinador e de outros intervenientes.