Já viste este telemovel igual ao Galaxy S8, Octacore, Camara 16Mp da Sony, Touch ID...etc por APENAS 100€? Visita o nosso link e não pagas portes de envio nem taxas alfandegárias!

CLICA AQUI

Miguel Queiroz: “Queremos regressar às vitórias”

Capitão garante que a integração dos novos jogadores vai ser rápida, até porque o balneário é uma das forças da equipa

Miguel Queiroz esteve ao lado de Moncho López a perspetivar a nova temporada​ e mostrou-se em sintonia com o treinador: o grande objetivo é recuperar o título de campeão nacional. O capitão dos azuis e brancos falou da responsabilidade que significa representar o FC Porto, da obrigação de os jogadores darem o máximo e lembrou que a união que existe no balneário é uma das forças da equipa, considerando, por isso, que “a integração dos novos jogadores vai ser rápida e boa.”

A obrigação de “dar tudo”
“Queremos regressar às vitórias. Pensamos treino a treino, sabemos que temos uma responsabilidade muito grande que é representar este grande clube, sabemos que em cada treino corremos não só por nós, mas também pelos adeptos e pelas nossas famílias. Temos a obrigação de dar tudo em cada treino para que possamos chegar ao jogo em melhores condições de o vencer.”

A força do balneário
“Estou contente por estar de volta e por estar de novo com os meus colegas. Este é o meu quinto ano no FC Porto e, desde que cá cheguei, o balneário é sempre o nosso forte, somos todos unidos, amigos, e a integração dos novos jogadores vai ser rápida e boa.”

Um plantel mais forte
“Acho que este plantel é mais forte, mas não gosto de comparar plantéis nem épocas. O que posso dizer é que não trocava nenhum colega deste plantel por outro qualquer, é com eles que vou até ao fim.”

Potenciar os pontos fortes
“Certamente que vamos ter coisas diferentes, vamos ter outros pontos fortes que não tínhamos na época passada. Esta é uma equipa que vai ter que ser trabalhada, porque teve entradas e saídas, pelo pode vai precisar de algum tempo. No entanto, tenho a certeza de que vamos estar numa forma muito boa, que vamos encontrar os nossos pontos fortes, aproveitá-los da melhor maneira e tentar esconder aqueles que não são tão fortes.”

Uma semana triste
“Foi uma semana muito complicada para mim, porque faleceu uma pessoa muito importante na minha vida e na minha carreira, que foi o António Libório. Por isso quero apresentar publicamente as minhas condolências à sua família.”

Fonte: FC Porto