Nada de interdição: empurrão a Pizzi vale multa ao FC Porto

Decisão do Conselho de Disciplina da FPF comunicada aos dois clubes

O incidente entre um adepto do FC Porto e o benfiquista Pizzi, durante o último clássico no Dragão, custará aos portistas 2860 euros de multa, com base no artigo 182.2 do regulamento disciplinar da Liga, referente a “Agressões graves a espetadores e outros intervenientes”. A decisão do Conselho Disciplinar da Liga sustentou-se nos relatórios do árbitro, dos delegados e da polícia. O acórdão refere que o adepto, que entrou no terreno de jogo durante uma altercação junto ao banco do FC Porto, “empurrou Pizzi” e foi imediatamente imobilizado pelos “stewards”, que o entregaram à polícia. Fica assim afastado o cenário, muito debatido, de uma possível interdição do estádio dos dragões, sentença que só poderia ser aplicada se, da ação do adepto, tivesse resultado “lesão de especial gravidade”.