Já viste este telemovel igual ao Galaxy S8, Octacore, Camara 16Mp da Sony, Touch ID...etc por APENAS 100€? Visita o nosso link e não pagas portes de envio nem taxas alfandegárias!

CLICA AQUI

Nuno: “A força da nossa equipa é o grupo”

Treinador admite que o jogo “não foi brilhante”, mas o fundamental foi conseguido: vencer o Sporting

 

Mais do que nunca, era fundamental ganhar e, mesmo que o jogo não tenha sido brilhante, a equipa só tem de estar feliz pelo objetivo cumprido. É este o pensamento de Nuno Espírito Santo no rescaldo da vitória sobre o Sporting (2-1), este sábado, com um “bis” de Soares. O treinador admitiu a “felicidade” pela grande estreia do avançado, que traz “competitividade interna”.Já na sala de imprensa, falou do futuro, nomeadamente da deslocação de sábado (20h30) a Guimarães e da disputa com a Juventus por um lugar nos quartos de final da Liga dos Campeões.

Missão cumprida
“A equipa cumpriu, conseguiu três pontos importantíssimos em casa, na nossa fortaleza. É o apoio do Dragão que nos mantém no jogo e faz os jogadores trabalhar como trabalharam. Sabíamos que tínhamos de ganhar, era fundamental. Conseguimos os três pontos, não foi um jogo brilhante, houve muitas faltas, mas conseguimos o objetivo principal. Na segunda parte conseguimos manter o resultado, saber defender e unir forças é importante, equilibrar a equipa foi determinante.”

Apostas ofensivas no onze
“Jogando em casa não podemos outra ideia que não seja ganhar o jogo. Podiam ter sido outras as opções, felizmente resultou e isso é importante, uniu o grupo. No jogo passado também conseguimos uma vitória importante, com outros jogadores. A força da nossa equipa é o grupo, a maneira como trabalham e se dedicam, são constantes e acreditam na nossa ideia de jogo.”

A entrada de André André
“Era evidente que estávamos a perder o controlo da posse, o Sporting fazia muito jogo interior. Era fundamental voltar a equilibrar o meio-campo, seria absurdo pedir a um dos dois avançados que o fizesse. Fazia mais sentido que entrasse um médio.”

O “bis” de Soares
“Estamos felizes por ele, é mais uma opção. Não é fácil chegar a um grande clube e ter este rendimento. Ele traz competitividade interna que é fundamental para o objetivo final. Estamos a falar de jogadores evoluídos, que precisam de trabalhar juntos. O rendimento no futuro será melhor, perspetivamos o crescimento sustentado da equipa.”

Sporting fora da luta e pressão sobre o Benfica
“Ainda falta muita competição, o Sporting será sempre um candidato ao título. Vamos ver o que acontece amanhã, somos lideres e o Benfica não está habituado a jogar atrás. Quando jogaram com um ponto de diferença mexeu, vamos ver qual é a reação diante de um Nacional necessitado de pontos.”

O futuro
“O nosso caminho é só um, pensar no próximo jogo. Dois técnicos foram ontem observar o nosso próximo adversário, o Vitória de Guimarães, em Paços de Ferreira, hoje às seis da manhã viajam para ir ver a Juventus. Esse é o nosso caminho, projetar o futuro, crescer como equipa e conquistar pontos, que é o fundamental.”

Fonte: FC Porto