Nuno: “Vitória inteiramente justa”

Treinador do FC Porto destacou o “grande trabalho dos jogadores” frente ao Belenenses (3-0)

 

Depois de receber e bater o Belenenses (3-0), no Estádio do Dragão, na 28.ª jornada da Liga NOS, o FC Porto ascendeu, ainda que à condição, à liderança do campeonato. Após o desafio com a formação de Belém, Nuno Espírito Santo sublinhou a exibição dominadora e autoritária da equipa, que concretizou o “objetivo principal”: “conquistar os três pontos” na “fortaleza”.

Uma vitória de todo o Dragão
“Foi um bom jogo, com um grande apoio do Dragão e um grande trabalho dos jogadores. Vitória inteiramente justa do FC Porto. Entrámos bem, a controlar o jogo, com muita posse de bola. O golo poderia ter chegado mais cedo, mas chegou e isso é que importa. Conseguimos objetivo principal na nossa fortaleza, que era conquistar os três pontos.”

Domínio absoluto
“A equipa fez um bom jogo, controlado e dominado. Não permitimos praticamente nada ao Belenenses, que não teve nenhuma oportunidade flagrante para marcar. Tivemos muita produção, muita circulação, criámos oportunidades e fizemos três golos. A equipa esteve muito bem.”

Crescimento sustentado
“Isto faz parte do crescimento sustentado de que tanto falamos. Cada treino é uma oportunidade para melhorar e cada jogo é uma oportunidade para mostrar essa melhoria. Temos muitas opções e podemos criar novos problemas a quem defende. Temos jogadores com diferentes características e cabe-nos potenciar o seu rendimento em prol da equipa.”

Bolas paradas
“Todos os momentos do jogo são trabalhados até à exaustão. A qualidade e confiança são importantes em lances de bola parada. Estes lances são fundamentais, quer na defesa, quer no ataque.”

Marcar e não sofrer
“É essencial marcar e não sofrer, pois a luta vai ser muito intensa até ao fim. É tão importante marcar como não sofrer.”

A liderança, ainda que à condição
“Estamos onde queremos estar.”

Segue-se uma deslocação a Braga
“Amanhã já começamos a preparar o próximo desafio que temos pela frente.”