O bruxo corrupto da Guiné pondera processar Francisco J. Marques

General da Guiné-Bissau ameaça processar o diretor de informação e comunicação do FC Porto, se Francisco J. Marques “continuar” com as acusações.

Armando Nhaga pondera processar o diretor de informação e comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, se este continuar a divulgar informações sobre um alegado esquema de bruxaria. A revelação foi feita pelo próprio, em declarações à CMTV, quando questionado sobre as acusações do dirigente dos azuis e brancos, que, no programa Universo Porto da Bancada, indicou o nome do general guineense como intermediário do suposto esquema.

“Todos os sócios do Benfica são amigos de Luís Filipe Vieira. Processar Francisco J. Marques? Se continuar, se continuar… Tenho muita pena de falar do contrato. Muita pena de falar disso”, afirmou Nhaga, garantindo não conhecer Rui Gomes da Silva:

“Nem conheço o Rui Gomes da Silva”, acrescentou, taxativo.

Fonte: Ojogo