O papel reservado a Dalot neste novo FC Porto

Com Maxi e Layún ainda com hipóteses de sair, a pérola da formação vai-se mantendo no plantel. Mas continuará a jogar pelo FC Porto B.

Diogo Dalot foi apresentado como efetivo do plantel principal e por lá vai continuar, de forma regular, nos próximos tempos. Sérgio Conceição aprecia as qualidades do lateral português e quer estar prevenido para a eventualidade de o mercado poder levar-lhe Maxi Pereira ou Miguel Layún, tendo em conta a relação entre o salário bruto que auferem e o atual estatuto de suplentes de Ricardo Pereira e Alex Telles.

Confirme-se ou não as saídas, a verdade é que Diogo Dalot vai continuar a trabalhar com o plantel principal, sob o olhar de Sérgio Conceição, certo de que o espaço competitivo dele continuará a ser, sobretudo, a equipa B, ainda assim uma equipa composta por jogadores mais velhos e na qual disputará o lugar com outro lateral-direito que a estrutura portista aprecia: Fernando Fonseca. O regresso aos juniores (ainda tem idade) não vai acontecer, pelo menos por enquanto.