Os e-mails do “Apito Abençoado” – Parte III

Vamos lá para o terceiro capítulo dos emails divulgados ontem por Francisco J.Marques no Porto Canal. Se ainda não leram os capítulos anteriores devem fazê-lo nos links seguintes, para que possam percebe melhor o esquema:

– Parte I (cliquem aqui)
– Parte II (cliquem aqui)

Só tens que dizer

 

Nuno Cabral, o tal ex-árbitro de Vila Real que à data dos emails era delegado da Liga de clubes envia um email para Paulo Gonçalves, assessor jurídico da SAD do Benfica onde choraminga pela facto de não fazer jogos da I Liga. O dirigente encarnado reencaminha o email para Mário Figueiredo que na altura era o Presidente da Liga. É interessante verificar que Paulo Gonçalves trata o Presidente da Liga por tu. A confiança é tanta que até dá para brincar com a situação.  Mas o mais vergonhoso de tudo isto é a forma como um Presidente da Liga, que tem em si a responsabilidade de representar todos os clubes associados, diz que para Paulo Gonçalves “é só dizer” que ele resolve.
Mas o que é isto caralho? Sinceramente, como é possível isto acontecer? Mas o então presidente da Liga não se fica por aqui!

 

Sempre tenho estado e estive do teu lado

 

Neste email é possível verificarmos que Mário Figueiredo quase pede por favor para Vieira lhe permitir que não castigue António Salvador pelas declarações proferidas após o jogo entre o Braga e o Benfica que os encarnados venceram por (1-0). E acrescenta um nojento “sempre tenho estado e estive do teu lado”.
Meus senhores, é isto o futebol português!

Fotos de família

 

 

Quem bem ficam Luís Filipe Vieira e Mário Figueiredo nas fotografias. Quem também fica bem nas fotos de família é Carlos Pereira, sogro de Mário Figueiredo e um dos principais responsáveis por este senhor ter conseguido conquistar a liderança da Liga de clubes. Curiosamente, Carlos Pereira também é um grande amigo de Luís Filipe Vieira.
Deixo apenas uns prints engraçados sobre estes dois artistas:
Com que então Paulo Gonçalves tem feito de Vieira um grande Presidente. Olha que giro…

 

Dias antes do email

Como viram em cima, o email de Mário Figueiredo para Luís Filipe Vieira foi enviado a 2 de Abril de 2014. Vamos recuar uns dias para tentar contextualizar este assunto. No dia 7 de Março, cerca de um mês antes do envio deste email, realizou-se em Fátima uma reunião do conselho de Presidentes

Link da notícia (aqui)

Curiosamente, nessa reunião em que Luís Filipe Vieira e Carlos Pereira decidiram abandonar mais cedo por não concordarem com as decisões que estavam a ser tomadas, aconteceu isto:

Link da notícia (aqui)

A confirmação da veracidade dos emails

 

 

Ontem, Mário Figueiredo confirmou a veracidade dos emails desculpando-se com uma eventual descontextualização dos mesmos. Curiosamente, no comunicado que fez à imprensa acabou precisamente com algo que tem vindo a ser dito pelos “encartilhados” de serviço: “só o desespero em função dos catastróficos resultados desportivos obtidos nas últimas épocas pode explicar que, mais de três anos depois e tendo existido já dois outros presidentes da Liga (…) algum clube possa querer retirar ilações do acontecido em 2014 para caracterizar o estado atual do futebol português.”

Digam lá que não há coisas incríveis.