Já viste este telemovel igual ao Galaxy S8, Octacore, Camara 16Mp da Sony, Touch ID...etc por APENAS 100€? Visita o nosso link e não pagas portes de envio nem taxas alfandegárias!

CLICA AQUI

Pinto da Costa assistiu à estreia

O presidente do FC Porto fez-se acompanhar de toda a estrutura do departamento de futebol no primeiro treino do avançado brasileiro, no Olival

Suspenso contra o Estoril, o brasileiro vai aproveitar os primeiros dias para se ambientar ao clube e no primeiro treino fez o aquecimento, antes de ir trabalhar à parte com António Dias

Pinto da Costa antes do treino, já depois de ter saudado o reforço ex-V. GuimarãesSoares treinou ontem no Olival sob o olhar atento de Pinto da Costa, que não quis perder os primeiros passos do avançado contratado ao V. Guimarães. O presidente do FC Porto fez-se acompanhar por Luís Gonçalves, diretor geral do futebol do clube, e de João Pinto, que vem acompanhando o plantel nos últimos meses. Jaime Teixeira, diretor para as relações externas e Luís André, psicólogo do plantel, também se juntaram aos dirigentes para seguir o treino e o brasileiro, em especial.

Depois de alguns minutos à conversa com os jogadores, Nuno Espírito Santo cedeu o protagonismo a António Dias, que dirigiu o aquecimento dos 18 atletas às ordens da equipa técnica ontem. Com Soares integrado, o grupo deu uma volta aos relvados do Olival, antes de vir para junto dos jornalistas exercitar-se. A poucos metros dos jogadores, esta foi a oportunidade para que os fotógrafos pudessem trabalhar de perto o reforço que chegara na véspera. Os ténis calçados pelo brasileiro denunciavam já, na altura, que este primeiro treino seria diferente para o avançado. Minutos depois, confirmou-semesmoqueSoares ia ter trabalho específico, quando os outros 17 jogadores passaram a evoluir com bola, num exercício que completou o aquecimento. À margem, portanto, o ex-V. Guimarães juntou-se a António Dias para, então sim, passar a trabalhar sob as ordens do preparador físico já que, recorde-se, o avançado não poderá ser utilizado por Nuno Espírito Santo contra o Estoril por estar suspenso, depois do quinto cartão amarelo visto na despedida do V. Guimarães, no dérbi com o Braga. Esta será, aliás, uma oportunidade para que o jogador possa dispor de uns dias para se ambientar à mudança de clube, antes de poder voltar a competir e entrar nos planos do treinador do FC Porto a partir do clássico com o Sporting.

Com a deslocação ao Estoril já no sábado, os azuis e brancos preenchem o dia de hoje com dois treinos, sendo que apenas a sessão da manhã será aberta à Comunicação Social.

Fonte: Ojogo