Pinto da Costa: “Largos dias têm 30 anos”

Presidente marcou presença no jantar de aniversário da claque Super Dragões

 

Os Super Dragões celebraram esta quinta-feira 30 anos, com um jantar no Dragão Caixa, cerimónia que, além de muitos elementos da claque, contou com a presença de Jorge Nuno Pinto da Costa e dos capitães das principais equipas do clube, com destaque para Héctor Herrera, capitão da equipa de futebol.

Numa noite de fervor clubístico, o discurso do presidente Pinto da Costa esteve em sintonia, com a revelação de que os Super Dragões são uma das três realizações que mais o orgulham: “Já vou quase em 35 anos de presidente do FC Porto e, se me orgulho muito das vitórias alcançadas no campo desportivo, vitórias alcançadas pelos atletas e pelos técnicos, há três coisas que no final do meu mandato eu vou ter muito orgulho de terem acontecido na minha presidência. Uma é a construção do Estádio do Dragão, que me diziam ser impossível de fazer, outra é o Museu, que é um orgulho de todos nós, e a terceira, a primeira cronologicamente, é que foi no meu mandato que nasceram os Super Dragões”.

Jorge Nuno Pinto da Costa não esqueceu o apoio às equipas do clube, com uma dedicação sem paralelo: “São muitos dias, largos dias têm 30 anos, muito se passou, muitas vitórias se alcançaram, muitas vezes não vencemos mas vocês estiveram sempre presentes. E aqueles que criticam, aqueles que na sombra, quando há qualquer desaire, põem as orelhas de fora, não são aqueles que me habituei a ver em Paços de Ferreira, em Penafiel, em Chaves, no Algarve, seja onde for, esteja o FC Porto à frente ou não esteja”.

Jorge Nuno Pinto da Costa elogiou igualmente as mulheres que integram a claque, não esqueceu a presença do capitão mexicano – “Ninguém personifica melhor a vontade de vencer do que o Héctor Herrera” –, bem como de Francisco Ramos, capitão da equipa B, e dos capitães do andebol, basquetebol e hóquei em patins.

E terminou com a promessa de continuar a marcar presença nas festas da claque liderada por Fernando Madureira: “Os meus mandatos terminarão um dia, mas os Super Dragões são eternos. Sendo presidente ou não, enquanto for vivo estarei sempre nas vossas festas, estarei sempre a beber no vosso entusiasmo para sentir cada vez mais vontade para lutar pelo FC Porto. Desejo-vos as maiores felicidades, que tenham força para resistir a muitas incompreensões, a muitas invejas, a muitas dificuldades que vos são impostas, mas podem crer que quem ama o FC Porto tem por vocês uma grande admiração. Fernando, na tua pessoa queria dar-te um grande abraço e que nele se sentissem igualmente todos abraçados, um abraço de agradecimento, de reconhecimento e de grande esperança que vocês hão-de ser cada vez mais e cada vez melhores”.

FONTE/ FC PORTO