Raça de campeão para vencer em Valongo

FC Porto chegou ao sexto triunfo no campeonato após um triunfo em Valongo, por 5-3

 

O FC Porto Fidelidade venceu na noite desta quarta-feira o Valongo, por 5-3, em partida relativa à sexta jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins. O triunfo num dos pavilhões mais difíceis deste campeonato, vale aos portistas a permanência no topo da tabela, seguindo no lote de formações invictas que partilham os mesmos 18 pontos dos Dragões.

No Municipal de Valongo, a boa entrada portista não teve reflexo no marcador, que só por muito azar não começou por funcionar a favor dos azuis e brancos. Por três vezes os ferros da baliza de Leonardo País evitaram o golo forasteiro, sorte que Carles Grau não teve após a tentativa de Rúben Pereira. O golo que fez a diferença ao intervalo, e que deixou os Dragões pela primeira vez em desvantagem neste campeonato, foi apontado no minuto 18.

Obrigado a reagir, o FC Porto entrou no segundo tempo praticamente a festejar: Gonçalo Alves encontrou o caminho para o golo depois de Leonardo País evitar um par de oportunidades claras. Com tudo empatado, o jogo entrou num ritmo frenético, com jogadas de perigo a sucederem-se em ambas as balizas de forma consecutiva. Foi nessa toada que chegou o golo da vantagem portista, por Ton Baliu, e depois, de novo, o do empate, com Poka a concretizar uma grande penalidade que só à terceira foi validada.

Após o empate a dois surgiu o período de maior eficácia portista, que valeu o descolar no resultado. Primeiro por 4-2 e depois por 5-3, que acabou por ser o resultado final de uma partida de hóquei em patins disputada com máxima intensidade. Foi superado o primeiro grande teste dos Dragões na época 2017/18.

No final da partida, o técnico Guillem Cabestany admitiu que não foi fácil manter a calma num ambiente tão adverso, mas que os Dragões acabaram por conseguir uma vitória justa, mesmo depois de algumas desconcentrações: “Podemos dizer que neste jogo viram-se quatro jogos diferentes. É difícil jogar aqui, com este ambiente fantástico, por vezes até demais, mas a nossa equipa está bem. Felizmente temos um plantel que nos dá garantias e conseguimos fazer bem essa gestão. Agora segue-se o Braga, outro jogo que queremos ganhar”, afirmou. ​​​

FICHA DE JOGO

VALONGO-FC PORTO, 5-3
Campeonato Nacional, 6.ª jornada
29 de novembro de 2017
Pavilhão Municipal de Valongo

Árbitros: Rui Torres e José Pinto

Valongo: Leonardo País, Poka, Xavier Cardoso, Pedro Mendes e Rúben Pereira (cap.)
Jogaram ainda: Diogo Fernandes, Guilherme Silva, Luís Melo, Diogo Fernandes e Bernardo Mendes
Treinador: Miguel Viterbo

FC Porto: Carles Grau (g.r), Hélder Nunes (cap), Reinaldo Garcia, Gonçalo Alves e Jorge SIlva
Jogaram ainda: Alvarinho, Ton Baliu, Telmo Pinto e Rafa
Treinador: Guillem Cabestany

Ao intervalo: 1-0
Marcadores: Rúben Pereira (18m), Gonçalo Alves (29m, 49m), Ton Baliu (40m), Poka (41m), Rafa (42m), Hélder Nunes (44m) e Xavier Cardoso (47m).

Disciplina: cartão azul a Jorge SIlva (16m). Cartão vermelho a Rúben Pereira (16m)​.