Já viste este telemovel igual ao Galaxy S8, Octacore, Camara 16Mp da Sony, Touch ID...etc por APENAS 100€? Visita o nosso link e não pagas portes de envio nem taxas alfandegárias!

CLICA AQUI

Raúl Alarcón vai de amarelo à Senhora da Graça

Amaro Antunes foi o mais rápido da W52-FC Porto-Mestre da Cor na terceira etapa da Volta à Portugal

 

Raúl Alarcón segue no comando da geral individual da Volta a Portugal e vai vestir a camisola amarela na quarta etapa da Volta a Portugal, que esta terça-feira vai ligar Macedo de Cavaleiros à Senhora da Graça, em Mondim de Basto, num total de 152,7 quilómetros. O ciclista espanhol da W52-FC Porto-Mestre da Cor terminou no nono lugar a tirada desta segunda-feira, o que lhe permitiu manter-se no topo da classificação geral individual, aumentando para sete segundos a diferença para o segundo posto que é ocupado por Alejandro Marque (Sporting-Tavira).

O portista Amaro Antunes foi sexto classificado e o primeiro da equipa a cruzar a meta da terceira etapa da “Grandíssima”, que teve como vencedor o francês Bryan Alaphilippe (Armée de Terre), depois de percorridos os 162,7 quilómetros entre Figueira de Castelo Rodrigo e Bragança. A tirada foi animada por diversas tentativas de fuga, mas nenhuma resultou e acabou por decidir-se ao sprint. A Armée de Terre assumiu as despesas de lançamento do sprint, mas um ataque de João Benta (RP-Boavista), nas últimas centenas de metros, teve resposta imediata de Raúl Alarcón, desorganizando a luta entre velocistas.

A etapa desta terça-feira vai levar o pelotão de Macedo de Cavaleiros até à Senhora da Graça, no alto do Monte Farinha, em Mondim de Basto. A meta coincide com uma contagem de montanha de primeira categoria, mas o itinerário inclui mais duas subidas pontuáveis para a classificação da montanha: a subida do Pópulo (3.ª categoria, ao quilómetro 64,3) e a escalada do Velão (2.ª categoria, quilómetro 114,3).

Fonte: FC Porto