Já viste este telemovel igual ao Galaxy S8, Octacore, Camara 16Mp da Sony, Touch ID...etc por APENAS 100€? Visita o nosso link e não pagas portes de envio nem taxas alfandegárias!

CLICA AQUI

Redes Sociais: FC Porto é o campeão do Facebook e Instagram

Dragões foram o primeiro clube português a ultrapassar a barreira dos quatro milhões de seguidores na maior rede social. Casillas sozinho tem mais do dobro dos likes do que todos os clubes portugueses juntos. O Maisfutebol faz contas ao campeonato das redes sociais

    

 Segunda-feira, 20h43: a página oficial do FC Porto partilha um vídeo animado de 20 segundos com uma impressionante recuperação em campo de Danilo Pereira no jogo de sábado diante do Rio Ave. O post é um êxito: ultrapassa as 750 mil visualizações e as 20 mil reações e tem cerca de nove mil partilhas.

2017 começou bem para o FC Porto no campeonato das redes sociais. Os azuis e brancos têm a página nacional no Facebook mais seguida no país e tornaram-se no primeiro clube português a ultrapassar os quatro milhões de seguidores (no final da última semana eram 4 002 390), estão cerca de meio milhão à frente Benfica (3 560 237) e têm milhão e meio a mais do que o Sporting (2 501 854).

A título comparativo, a página Seleções de Portugal, da Federação Portuguesa de Futebol, está perto dos 3,5 milhões de fãs (3 453 113).

Os dados são interessantes quando entramos no detalhe, com o auxílio do site de monitorização de redes sociais Social Bakers.

Apesar de perder para o FC Porto em termos globais, o Benfica tem quase tantos fãs no Facebook em Portugal quanto os dois rivais em conjunto. No nosso país, os encarnados já ultrapassaram a barreira do milhão e meio (1 545 230), o que corresponde a 43,4 por cento do total de likes, enquanto FC Porto (867 325), 21,7% do total, e Sporting (803 505), 32,1%, ainda não chegaram ao milhão de fãs.

Uriel Oliveira, vice-presidente e diretor de operações e negócio da Cision Portugal, empresa líder global em serviços de media intelligence, salienta ao Maisfutebol a importância de diferenciar o grau de ligação entre os seguidores e a página do clube:

O essencial é medir a interação entre a página e os seguidores, ou seja, o engagement, a ligação entre os seguidores e os conteúdos do clube. E esse é maior no caso dos seguidores nacionais, já que uma parte significativa são adeptos e a sua base natural de apoio.»

Sobre a importância das redes sociais o responsável da Cision acrescenta a perspetiva de que nos últimos anos os clubes, sobretudo os grandes do futebol nacional, se terem também transformado em produtores de conteúdos: «Os clubes passaram também a ser os media. Através dos seus canais próprios de comunicação, que tanto podem ser as redes sociais como as suas televisões, partilham as mensagens que querem e podem promover a imagem dos patrocinadores de modo a potenciarem um maior retorno.»

Milhares de «dragões» na Argélia e no México

Se o Benfica tem uma base de apoio local mais robusta, o FC Porto tem uma expressão mundial considerável no Facebook e os jogadores do seu plantel principal contribuem decisivamente para essa vantagem.

Chegados aqui, podemos desafiar o leitor a responder à seguinte pergunta: qual é o país estrangeiro com mais seguidores de clubes portugueses? Escusa de tentar procurar algum país lusófono ou onde haja uma grande presença da comunidade portuguesa. A resposta certa, um tanto surpreendente à partida, é: Argélia.

O número de seguidores argelinos do FC Porto ultrapassa os 400 mil (414 572), enquanto no Sporting este é também o segundo maior contingente de fãs a seguir a Portugal: 272 479, cerca de 11% do total.

No caso dos dragões o interesse argelino estará diretamente relacionado com Yacine Brahimi, enquanto no do rival leonino terá que ver ainda com a popularidade de Islam Slimani, que saiu no início da época para o Leicester.

Evolução do número de seguidores dos três grandes no Facebook 

Esta ligação entre os atletas e o país de origem dos seguidores poderá também explicar o facto de o México ser o terceiro país em que o FC Porto tem mais fãs no Facebook: 329 883, certamente interessados em acompanharem mais de perto o trio Layún, Herrera e Corona. Seguem-se outros dois países sul-americanos entre aqueles onde os dragões têm mais seguidores: Brasil (305 635) e Colômbia (188 475), que recentemente chegou a ser um dos filões de talentos do futebol portista.

No caso do Benfica, o grosso dos fãs fora do país encontra-se em países lusófonos ou de grandes comunidades emigrantes: Brasil (251 297) e Angola (250 581), seguidos de França (174 469).

Sp. Braga é o quarto grande no Facebook

Bem diferente é a realidade da classe média e baixa do futebol nacional.

Entre os não grandes, o clube com mais fãs no Facebook é o Sporting de Braga, que tem 266 495, mais de 49 mil no Egito, o que não será alheio ao facto de o ponta-de-lança Ahmed Hassan representar os arsenalistas. O Vitória de Guimarães tem sensivelmente metade dos seguidores: 133 786. Entre os dois rivais minhotos está um clube que neste momento não compete a I Liga, a Académica de Coimbra. Com 155 335 seguidores é o 5.º clube nacional mais popular na maior rede social.

Abaixo deste trio, mas ainda assim com mais de 100 mil fãs estão Boavista (125 467), Marítimo (122 599) e Belenenses (111 003). O Paços de Ferreira fecha o top-10 dos clubes nacionais (75 168) e com mais de 50 mil seguidores surgem Vitória de Setúbal (58 575), Rio Ave (56 543) e Desp. Chaves (53 042).

Twitter encarnado, Instagram mais azul

Se o FC Porto é campeão no Facebook, o Benfica ganha no Twitter, tendo mesmo ultrapassado os azuis e brancos há cerca de um ano.

Na sua página oficial nesta rede social, os encarnados estão prestes a atingir os 900 mil seguidores (897 981), cerca de 100 mil a mais do que o FC Porto (794 633). A maior distância está o Sporting, cuja conta oficial tem 547 770 seguidores. Curiosamente, os três grandes participam no Twitter desde a mesma altura: fevereiro de 2009. Os conteúdos são diversificados. Ontem, por exemplo, além de citações da conferência de imprensa de Rui Vitória e retweets de adeptos, a conta do Benfica publicou também um vídeo de homenagem a Eusébio, que faria 75 anos.

No Instagram, o FC Porto volta a ser o clube mais seguido, com 656 mil seguidores, à frente do Benfica, 585 mil, e com mais do dobro do que o Sporting, que tem 312 mil.

Nas principais redes sociais, os três grandes estão, ainda assim, a léguas dos grandes campeões do futebol mundial nesta matéria.

Aqui ao lado, em Espanha, Real Madrid e Barcelona lutam taco a taco para serem os clubes mais populares do planeta: o Barcelona tem mais de 95 milhões de fãs e o Real Madrid mais de 94 milhões no Facebook – o terceiro é o Manchester United, com 72 milhões. No Twitter, ganha o Real Madrid, com 21,9 milhões de seguidores contra 19,2 milhões do Barça – o Man. United é de novo o terceiro, distanciado, com 9,98 milhões.

Evolução do número de seguidores dos três grandes no Twitter

Os dois gigantes espanhóis são marcas globais, um pouco como as suas duas grandes vedetas: Cristiano Ronaldo tem o impressionante recorde de 119 milhões de fãs no Facebook (49,6 milhões no Twitter) contra 87,8 milhões de Lionel Messi.

O único futebolista a atuar em Portugal a poder enquadrar-se num patamar global em termos de popularidade é Iker Casillas: o guarda-redes do FC Porto já ultrapassou os 25 milhões de fãs no Facebook (tem 5,99 milhões de seguidores no Twitter e 10,1 milhões no Instagram), está no top-10 mundial entre futebolistas mais seguidos em todo o mundo, e tem mais do dobro do que todos os portugueses somados.

Fonte: Maisfutebol