Renovação com Dalot ainda esta temporada

Bayern é o mais recente interessado no lateral que brilha na equipa B e passou a estar diariamente às ordens de Sérgio Conceição. Contrato termina em 2019, mas a cláusula é baixa

Renovar o contrato com Diogo Dalot passou a ser prioritário para o FC Porto. O jovem defesa, de 18 anos, só termina o atual vínculo em junho de 2019, mas tem uma cláusula de rescisão que a SAD considera baixa e, como tal, facilmente acessível aos bolsos dos tubarões europeus. Daí que a intenção seja blindá-lo com a subida da cláusula de rescisão, mas também premiar as suas prestações com uma melhoria salarial. A proposta decisiva surgirá ainda esta temporada, pois o jogador passará em definitivo à equipa principal em 2018/19 e a SAD não quer correr o risco de ter no jovem lateral, produto da formação, um caso idêntico ao de Marcano ou Reyes, que não assinaram um novo vínculo e podem sair a custo zero.

A cobiça dos grandes da Europa tem aumentado. Depois de Juventus, Nápoles, Milan, Real Madrid ou Barcelona terem sido associados ao defesa (os espanhóis fizeram mesmo uma proposta concreta, recusada pelo FC Porto), surgem agora rumores vindos da Alemanha do interesse do Bayern Munique, que estaria disposto a bater a cláusula de rescisão para o contratar no mercado de verão. Ao que O JOGO apurou, os responsáveis bávaros não apresentaram qualquer proposta, mas é verdade que ficaram muito impressionados com a exibição de Dalot no recente triunfo da equipa B sobre o Bayern II na Premier League International Cup. E como já o seguiam desde o Mundial de sub-20, voltaram a perguntar sobre as condições em que o poderiam contratar.

A saída de Layún em janeiro aproximou ainda mais o craque da equipa B da equipa principal. O lateral foi apresentado aos sócios no arranque da época, mas só defrontou o Lusitano de Évora, na Taça de Portugal, e tem repartido os treinos pelas duas formações profissionais dos azuis e brancos.