Ricardo Moreira termina carreira mas continua ligado ao clube

Heptacampeão e Dragão de Ouro vai ser treinador das equipas B e de juniores

 

Após 13 épocas consecutivas como jogador ao serviço do FC Porto, Ricardo Moreira vai terminar a carreira como atleta mas continuar ligado ao seu clube de sempre. O ponta-direita, que era capitão desde 2009, vai treinar as equipas de juniores e B do clube, dando continuidade a experiências anteriores ao serviço dos Dragões e do Colégio dos Carvalhos.

Termina assim o percurso como atleta de um dos melhores e mais titulados andebolistas de sempre do FC Porto, que recebeu o Dragão de Ouro de Atleta de Alta Competição referente a 2008/09. Nos azuis e brancos – que representa desde 1997, após os primeiros anos de formação no CPN, de Ermesinde –, Moreira foi por sete vezes campeão nacional (entre 2008/09 e 2014/15), sendo um dos três atletas que estiveram presentes em todas as temporadas do hepta (os outros são Hugo Laurentino e Gilberto Duarte). Para além disso tem no palmarés duas Taças de Portugal (2005/06 e 2006/07), três Supertaças (2001/02, 2009/10 e 2014/15) e duas Taças da Liga (2004/05 e 2007/08).

No extensíssimo currículo de Ricardo Moreira, 100 vezes internacional por Portugal (60 das quais pela seleção principal), cabem ainda uma Taça de Portugal júnior (1999/00) um Torneio das quatro Nações, no escalão de Sub-20 (2002), e participações na fase de grupos da Liga dos Campeões e Taça EHF. Individualmente, foi considerado o melhor jogador do Campeonato Nacional em 2009/10 e foi o melhor marcador em 2010/11.

Ricardo Moreira estará esta quarta-feira no programa Universo Porto do Porto Canal, a partir das 21h00, para abordar as suas novas funções e recordar um percurso como atleta que só pode merecer uma palavra por parte dos portistas: obrigado.

Fonte: FC Porto