“Santo”. “Incrível”. “Super-humano.” Como está a ser vista a defesa de Casillas

Guarda-redes espanhol segurou a vitória do FC Porto frente ao Sporting com uma espetacular defesa já em período de descontos

Foi o momento do jogo. Corria o minuto 93, o último do período de descontos, quando o Sporting beneficiou de um canto. Coates saltou mais alto que toda a gente e fez um cabeceamento perfeito. Forte, de cima para baixo e colocado junto ao poste. O que o central leonino não contava era que do outro lado estava um guarda-redes capaz de uma defesa perfeita. Casillas voou para o seu lado direito e com a palma da mão evitou que a bola entrasse na baliza, o que daria o 2-2 ao Sporting. Um momento festejado, no Dragão, como se de um golo se tratasse.

A defesa de Iker Casillas está a ter eco por todo o mundo. A imprensa internacional não deixa de destacar o voo do guarda-redes do FC Porto e apelida-o de “Santo” e “Incrível.”