Sérgio Conceição: “Estávamos preparados para defrontar este Marítimo”

Treinador considerou justa a vitória (3-1) sobre o Marítimo, na 15.ª jornada da Liga NOS

 

Após o triunfo (3-1) sobre o Marítimo, na 15.ª jornada da Liga NOS​, Sérgio Conceição garantiu que o seu FC Porto estava bem preparado para contrariar uma equipa muito defensiva e com um bloco muito baixo, tal como se apresentaram os madeirenses esta segunda-feira no Estádio do Dragão. O técnico portista falou numa “vitória justa”, que no final poderia ter sido fechada com números mais expressivos. Sobre a liderança do campeonato, que o FC Porto garante ter em sua posse até ao final de 2017, o treinador voltou a lembrar que esse é o lugar que deseja ocupar no final do campeonato e não no final do ano civil.

Análise a uma vitória justa
“Sabemos do que é capaz a nível defensivo o Marítimo. Jogaram com um bloco baixo, com três centrais, mas nós estávamos preparados para isso: variamos o jogo até encontrarmos espaços na defesa. Eles conseguiram responder ao nosso golo, mas depois disso foi um constante perder tempo, de forma a quebrar a intensidade da nossa equipa. Depois, num movimento fantástico, fizemos o segundo golo e fomos para o intervalo em vantagem, mas alerta. No segundo tempo entrámos à procura do terceiro golo. Podia ter acontecido mais cedo, tivemos ocasiões para isso, mas chegou já perto do fim do jogo.”

Triunfo num jogo “sempre complicado”
“Eles tentaram condicionar ao máximo o nosso jogo ofensivo, mas, como já disse, estávamos preparados. E o segundo e o terceiro golos são bons exemplos disso. É sempre difícil jogar com equipas assim, mas no fim conseguimos vencer um jogo que é sempre um jogo perigoso.”

A opção por Reyes
“O Reyes tem dado a resposta que os outros também têm dado. Não nos podemos esquecer dos muitos jogos de qualidade que fez o Felipe, mas o futebol é mesmo isto: o momento. O importante é ter sempre todos disponíveis e não deixar que nada interfira no bom ambiente que se vive no nosso balneário.”

Contas para fazer no final do ano futebolístico
“Quero fechar o ano futebolístico na frente, não o ano civil. Obviamente que queremos estar na frente, como estamos desde o início, mas é em maio que queremos lá estar.”

Taça da Liga já está a ser preparada
“É importante dar continuidade a esta dinâmica da vitória, porque neste clube entramos para ganhar todas as competições. Sabemos que temos que ganhar ao Rio Ave para continuar na Taça da Liga e até posso dizer que estamos neste momento a ter treino de forma a preparar da melhor forma esse jogo.”

Eficácia e inteligência a jogar
“Fazer três golos é bom. É sempre bom fazer mais um do que o adversário. Temos tido muita diversidade nos marcadores dos golos o que revela o trabalho que levamos a cabo ao longo da semana. Mas para mim o importante é o processo e não quem marca o golo. E hoje só uma equipa inteligente poderia ganhar este jogo. Não nos podemos esquecer de que qualquer equipa que some um ponto contra nós já é positivo.”

Fonte: FC Porto